Conclusão da análise do auxílio emergencial foi prorrogado

Anúncios

A Dataprev, empresa responsável pela análise do auxílio emergencial, prorrogou os resultados de quem ainda estar aguardando o benefício.

De acordo com ela, até o final da quarta-feira (13), todas as análises seriam concluídas.

Então, segundo a Dataprev, pelo menos 14,7 milhões de cadastros, que foram realizados entre 23 a 30 de abril, estão em fase de homologação.

Anúncios

Dessa maneira, os pagamentos devem ter início no final de semana ou a partir da próxima segunda-feira (18), isso segundo a previsão nova.

Isso porque, a Caixa Econômica precisa de dois dias, depois de receber as informações, para realizar o pagamento do benefício.

No último domingo (10), a Dataprev fez o envio de 689.078 mil requerimentos ao banco dos pedidos finalizados entre 18 e 22 de abril.

Então, nesse período, foram recebidas cerca de 6,69 milhões de solicitações e assim a Dataprev devolveu a Caixa 6,37 milhões.

Portanto, é fundamental estar atento ao site do Auxílio ou aplicativo, pois a conclusão da análise do auxílio emergencial será em breve.

O que é necessário para receber o auxílio?

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • Não ter emprego formal ativo, ou seja, não trabalhar de carteira assinada;
  • Não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial, de seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
  • Ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Além disso, o beneficiário precisa se encaixar em um dos 3 perfis:

  1. Ser microempreendedor individual (MEI);
  2. Ser contribuinte individual do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social);
  3. Ser trabalhador informal, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) até 20 de março de 2020 ou que cumpra, nos termos de autodeclaração, o requisito de renda mensal per capita de até meio salários mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

De acordo com a lei, o auxílio emergencial irá substituir o benefício do Bolsa Família nas situações em que for mais vantajoso, de maneira automática.

Acompanhe a análise do auxílio emergencial

É possível fazer o acompanhamento do seu pedido do auxílio através do site ou do aplicativo que está disponível para todos os dispositivos móveis.

Lembrando que o acompanhamento é feito de maneira exclusiva pela internet e esse tipo de serviço não estar sendo oferecido nas agências bancárias.

É válido ainda frisar que alguns erros de cadastros tornam o resultado do pedido ainda mais demorado, tais como:

  • Falta de inserção da informação do sexo;
  • Marcação de chefe de família sem indicar nenhum membro;
  • Mais de uma pessoa fez o cadastro e ocorreu divergência nos dados fornecidos entre eles;
  • Inserção errada de dados de membro da família, como data de nascimento e número do CPF;
  • Cadastro por mais de uma pessoa do mesmo grupo familiar; Inclusão de alguma pessoa da família com indicativo de óbito;
  • Se regularizou ou fez a atualização dos dados do CPF recentemente, é necessário esperar pelos menos três dias para fazer novamente a tentativa.

Veja como gerar o código Caixa Tem para sacar auxílio emergencial!

Mais Aprovados do Site!

APROVAÇÃO EM ALTA!
Neon Visa
COMO SOLICITAR
Buscapé PAN
COMO SOLICITAR
RECOMENDADO!
cartão-de-crédito-santander-sx-visa
Santander SX
COMO SOLICITAR
Emprestimo-Bom-Pra-Credito-Pessoal
Bom pra Crédito
COMO SOLICITAR
Credicard Zero
COMO SOLICITAR

0

Valor Notícias
Logo