Consórcio para cirurgia plástica: Conheça a modalidade!

O consórcio para cirurgia plástica vem se tornando uma proposta cada vez mais comum nos bancos e clínicas estéticas.

Anúncios

Isso porque, a procura por esse tipo de intervenção vem crescendo, e os altos custos dos procedimentos requerem a criação de produtos financeiros para facilitar o acesso ao serviço para mais pessoas.

Então, se você sempre quis fazer uma cirurgia plástica, mas tropeçava nos preços, saiba que o consórcio pode ser a solução para o seu problema.

No material de hoje conheceremos detalhes dessa proposta, a fim de decidirmos se vale a pena aderir. Continue a leitura!

O que é um consórcio para cirurgia plástica?

O Brasil é um dos países onde a realização de cirurgias plásticas é altamente frequente, visto que a busca por esse tipo de serviço só cresce a cada ano.

Implante de silicone, rinoplastia, abdominoplastia, lipoaspiração e tantos outros procedimentos costumam fazer parte da “lista de sonhos” de milhões de brasileiros e brasileiras.

Mas, em boa parte dos casos esse sonho acaba ficando no papel, e isso se deve especialmente aos custos deste tipo de procedimento.

Para uma rinoplastia, por exemplo, os custos podem ficar entre R$ 15 e R$ 30 mil, o que se torna inacessível para boa parte das pessoas, considerando o salário mínimo brasileiro.

Com isso, para quem não dispõe do valor à vista, a saída acaba sendo aderir a produtos de crédito como cartões ou empréstimos. Mas, e quem não tem acesso ao crédito, o que pode fazer?

Neste caso, o consórcio para cirurgia plástica surge como a solução perfeita, pois nessa modalidade você pode autofinanciar com um grupo de pessoas a sua cirurgia plástica.

Na prática este tipo de consórcio funciona como todos os outros: você encontra a proposta de consórcio, entra no grupo, realiza o pagamento das parcelas e aguarda pela sua vez de ser sorteado (a).

Ao ser sorteado (a) você recebe uma carta de crédito no valor do consórcio e pode utilizá-la para custear o procedimento cirúrgico escolhido.

++Como funciona o consórcio e quais as vantagens – Valor Notícias

Quais as vantagens em aderir a um consórcio para cirurgia plástica?

A esta altura você já tem uma ideia de como funciona o consórcio para cirurgia plástica, e como vimos, esta pode ser uma ótima proposta para quem não possui os valores a vista ou acesso a modalidades de crédito.

Mas, será que essa proposta é realmente vantajosa? Veja a seguir as principais vantagens deste tipo de consórcio.

1. Viabilize seus sonhos 

Sonhar com um produto ou serviço de alto valor pode ser bem desafiador para a maior parte das pessoas, especialmente quando estas não têm acesso ao crédito.

A depender da sua faixa de renda, conseguir um empréstimo ou cartão de crédito com limite de R$ 15 a R$ 30 mil não é tão simples, então, arcar com os custos de uma cirurgia plástica pode parecer praticamente impossível.

Mas, com o consórcio para cirurgia plástica é possível desviar desse problema, uma vez que não é preciso passar por uma análise de crédito para entrar num consórcio, visto que não é uma modalidade de crédito.

Além disso, encontrando o grupo certo você consegue parcelas mais baixas e prazos maiores, o que te ajuda a viabilizar o seu sonho sem pesar no bolso.

2. Evite juros do cartão de crédito ou empréstimo 

Parcelar R$ 1 mil no cartão de crédito já costuma sair caro, então, imagine pagar cerca de R$ 20 mil em 10 vezes. Os juros dificilmente serão baixos.

O mesmo vale para empréstimos, pois os juros deste tipo de contrato costumam torná-lo bem mais alto do que o valor cedido pelo banco.

Ao aderir a um consórcio para cirurgia plástica você não precisa se preocupar com isso, pois consórcios são livres de juros, e você paga apenas a taxa de administração.

3. Pague parcelas acessíveis 

A grande vantagem dos consórcios é que você consegue juntar o dinheiro para os seus planos pagando parcelas mais baixas.

Com isso, é possível encontrar propostas de consórcio para cirurgia plástica com valores de parcelas a partir de R$ 270,00, o que é acessível para muitas pessoas.

Vale dizer que a decisão de contratar um consórcio deve ocorrer com cautela, pois existem muitos detalhes referentes a taxas e tempo de sorteio que podem tornar a proposta vantajosa ou não.

Mas, se você busca uma opção acessível e viável para realizar o seu sonho, vale procurar propostas deste tipo no mercado.

Vale a pena fazer um consórcio para cirurgia plástica? Como encontrar propostas?

O acesso à realização de cirurgias plásticas pode ser um verdadeiro problema, pois o custo deste tipo de procedimento é desproporcional ao salário médio brasileiro.

E, como já vimos, aderir a modalidades de crédito para este fim nem sempre é possível, seja pela análise de crédito, ou pelos juros.

Então, se você tem o sonho de realizar um procedimento, o consórcio para cirurgia plástica pode ser um importante canal para tornar isso possível.

Isso porque, embora possa demorar para que você seja sorteado (a), as parcelas costumam ser acessíveis e consórcios são livres de juros.

Assim, você pode ir pagando as parcelas aos poucos e se preparando para a realização do seu sonho, quando finalmente conseguir a carta de crédito.

De todo modo, para decidir se vale apena aderir à proposta, converse com um profissional da área, que te indicará a melhor opção.

Para encontrar propostas de consórcio para cirurgia plástica basta fazer uma pesquisa com instituições financeiras especializadas em consórcio. Certamente será possível encontrar uma boa opção para os seus planos.

Leia também: Planilha de gastos mensais: importância e como fazer – Valor Notícias.

Trends