Facebook concorda em pagar multa à Cambridge Analytica

0
69


O Facebook concordou em pagar uma multa de £ 500.000 imposta pelo órgão de proteção de dados do Reino Unido por seu papel no escândalo da Cambridge Analytica.

Inicialmente, apelou da penalidade, fazendo com que o Gabinete do Comissário da Informação interpusesse seu próprio recurso.

Como parte do acordo, o Facebook não assumiu nenhuma responsabilidade.

A empresa americana disse que “desejava ter feito mais para investigar a Cambridge Analytica” anteriormente.

James Dipple-Johnstone, vice-comissário da OIC disse: “A principal preocupação da OIC era que os dados dos cidadãos britânicos fossem expostos a um sério risco de dano. A proteção das informações pessoais e da privacidade pessoal é de fundamental importância, não apenas para os direitos dos indivíduos. , mas também como sabemos agora, pela preservação de uma forte democracia “.

Harry Kinmonth, advogado do Facebook, observou que a rede social fez alterações para restringir as informações que os desenvolvedores de aplicativos poderiam acessar após o escândalo.

“A OIC declarou que não descobriu evidências de que os dados dos usuários do Facebook na UE foram transferidos para o Cambridge Analytica”, acrescentou.

“No entanto, esperamos continuar a cooperar com a investigação mais ampla e contínua da OIC sobre o uso da análise de dados para fins políticos”.

O pesquisador Aleksandr Kogan e sua empresa GSR usaram um questionário de personalidade para coletar dados de até 87 milhões de pessoas no Facebook.

Alguns desses dados foram compartilhados com o Cambridge Analytica, com sede em Londres.

A OIC argumentou que o Facebook não fez o suficiente para proteger as informações dos usuários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here