Empreender sem sair de casa: como fazer e opções para investir

A pandemia trouxe grandes mudanças para sociedade em todo mundo em várias situações, e no que refere a trabalho, as pessoas e empresas começaram a aderir ao trabalho que não precisa sair de casa.

Anúncios

Nesse sentido, empreender sem sair de casa virou uma opção para muita gente.

Profissionais como designers, programadores, suporte, vendas, assistência técnica, entre outros montaram seu próprio escritório em casa para trabalhar.

É claro que existem seus desafios em trabalhar de casa, mas, tudo na vida tem é desafiador.

Hoje em dia há muitas formas de empreender sem precisar sair do seu lar e se beneficiar das vantagens que essa condição oferece.

Esse artigo é para você que está pensando em empreender nesse contexto, mas, está em dúvida quanto ao que fazer.

Por isso, continue a leitura e descubra em que área você pode se dedicar para começar a trabalhar.

    O que é preciso para começar a empreender sem sair de casa?

    O mundo online oferece diversas oportunidades para quem deseja empreender na comodidade de seu lar. 

    Dessa maneira, veja os passos essenciais para começar seu negócio:

    Encontre sua ideia:

    A princípio, explore seus interesses e habilidades.

    O que você gosta de fazer? No que você é bom? 

    Nesse sentido, identifique áreas que combinam paixão e talento, pois aumentam as chances de sucesso e realização.

    Pesquise e avalie a demanda por produtos ou serviços relacionados aos seus interesses, utilize ferramentas online como Google Trends e redes sociais para identificar tendências e nichos promissores.

    Outra ação importante é estudar quem já atua nesse mercado, seus pontos fortes e fracos, diferencie-se oferecendo algo único ou aprimorado.

    Valide sua ideia:

    Antes de empreender sem sair de casa, comece com uma versão simplificada do seu negócio para validar a proposta de valor. 

    Assim como, utilize plataformas online, vendas em redes sociais ou faça pré-vendas.

    Por fim, reúna feedback, pedindo a opinião de amigos, familiares e potenciais clientes. 

    Assim, avalie as críticas e sugestões para aprimorar seu produto ou serviço.

    Defina seu modelo de negócio:

    Escolha entre produtos físicos ou digitais, veja os custos de produção, logística e estoque para produtos físicos, produtos digitais exigem menos investimento inicial.

    Além disso, considere custos de produção, preço da concorrência e valor percebido pelo cliente. 

    Para conseguir cálculos mais precisos, antes de empreender sem sair de casa,   utilize ferramentas online para calcular preços adequados.

    Detalhe sua ideia, mercado-alvo, estratégias de marketing, vendas e finanças, o plano servirá como um guia para o seu negócio.

    Crie sua presença online:

    Aqui, é importante desenvolver um site ou loja virtual, procure utilizar plataformas como Wix, WordPress ou Loja Integrada para criar um site profissional com boa experiência do usuário.

    Dessa forma, invista em marketing digital, usando redes sociais, anúncios pagos, email marketing e outras ferramentas para alcançar seu público-alvo.

    Além disso, crie conteúdo de qualidade, publique blog, posts, vídeos, tutoriais, infográficos e outros materiais que agreguem valor aos seus clientes e atraiam novos visitantes.

    São ótimas ações que vão te ajudar a empreender sem sair de casa.

    Legalize seu negócio:

    Escolha o tipo de empresa, defina entre MEI, ME ou LTDA, conforme o porte do seu negócio e suas pretensões.

    Em seguida, obtenha as licenças necessárias, consulte a prefeitura da sua cidade e os órgãos competentes para regularizar seu negócio.

    Por fim, abra uma conta bancária específica, separe as contas pessoais das do negócio para facilitar a gestão financeira.

    Gerencie seu negócio com eficiência:

    Quando você começar a empreender sem sair de casa, será importantíssimo controlar suas finanças.

    Nesse sentido, utilize ferramentas de contabilidade online ou contrate um profissional para te auxiliar na gestão financeira.

    Por sua vez, seja atencioso, responda perguntas rapidamente e resolva problemas com agilidade. 

    Fidelize seus clientes para garantir vendas recorrentes, esteja sempre atualizado sobre as tendências do mercado, novas tecnologias e ferramentas que podem te ajudar a melhorar seu negócio.

    Empreender sem sair de casa: como fazer e opções para se dedicar 

    Se você deseja investir na sua vida financeira sem sair de casa, será necessário tomar alguns passos importantes e avaliar sobre no que investir.

    Mas, as melhores opções variam de acordo com suas habilidades, interesses e disponibilidade de tempo.

    Veja aqui algumas dicas para te ajudar a tomar a melhor decisão:

    1. Explore o universo dos negócios online:

    Venda de produtos digitais, e-books, cursos online, templates, softwares e outros produtos virtuais têm alta demanda e podem ser criados com baixo investimento. 

    Plataformas como Hotmart, Eduzz e Monetizze facilitam a venda e o gerenciamento do seu negócio.

    Bem como, crie um blog ou canal no YouTube, compartilhe seus conhecimentos e paixões com um público engajado. 

    Dessa maneira, com conteúdo de qualidade e estratégias de marketing eficientes, você pode monetizar seu canal por meio de publicidade, e venda de produtos próprios ou parcerias com marcas.

    Semelhantemente, para empreender sem sair de casa, o marketing digital é uma ótima ideia.

    Por exemplo, ajudando as empresas a aumentarem suas vendas online. 

    Assim, você pode oferecer serviços de SEO, SM, gestão de redes sociais, e-mail marketing e outras áreas do marketing digital.

    Outro empreendimento que você pode fazer é oferecer seus serviços como redator, tradutor, designer, programador, consultor ou em qualquer outra área de sua especialização. 

    Plataformas como Workana, 99Freelas e Guru conectam freelancers a clientes em todo o Brasil.

    Para empreender sem sair de casa você pode criar sua loja online e vender produtos físicos para todo o país. 

    Utilize plataformas como Shopify, Nuvemshop e Mercado Livre para ter sua loja funcionando em poucos dias.

    Bem como, você pode vender produtos sem precisar manter estoque. 

    Desse modo, encontre fornecedores confiáveis e faça a gestão do seu e-commerce focando no marketing e nas vendas, atuando como Dropshipping.

    + Ideias para complementar sua renda: veja as sugestões dos nossos especialistas!

    2. Explore outras oportunidades:

    Trader, invista na bolsa de valores ou em outros mercados financeiros buscando obter lucros com a compra e venda de ativos.

    Ótima opção para empreender sem sair de casa.

    Outra opção que pode ser avaliada é criar conteúdo para redes sociais.

    3. Explore o mundo da educação online:

    Aulas particulares online, disponha de aulas particulares online em diversas áreas, como idiomas, matemática, música ou instrumentos musicais.

    Assim, como, compartilhe sua experiência e conhecimento com outras pessoas mediante materiais online personalizadas, ajudando-as a alcançar seus objetivos pessoais ou profissionais.

    Você pode também criar cursos online ao vivo, ministre cursos online sobre temas relevantes para o seu público, interagindo com os alunos em tempo real.

    4. Consultoria de bem-estar online:

    Outra boa dica para empreender sem sair de casa é oferecer orientação personalizada sobre nutrição, exercícios físicos, saúde mental ou outros aspectos do bem-estar, utilizando ferramentas online para atender seus clientes.

    Nesse sentido, se qualifique e crie treinos online personalizados para cada cliente, de acordo com seus objetivos e necessidades, utilizando plataformas de treino online ou aplicativos de fitness.

    Ajude pessoas a definirem seus objetivos e alcançarem seu potencial máximo por meio de sessões de coaching online personalizadas.

    Quais as vantagens de empreender sem sair de casa?

    Empreender sem sair de casa, também conhecido como home office ou negócio online, oferece diversas vantagens que podem ser atraentes para muitos indivíduos.  Veja abaixo algumas das principais:

    • Flexibilidade: um dos maiores benefícios é a flexibilidade de horários. Você define seu próprio ritmo de trabalho, podendo conciliar melhor vida pessoal e profissional;
    • Economia: os custos com um negócio online são geralmente menores do que os de um negócio físico;
    • Alcance global: seu negócio não se limita a uma região geográfica, com a internet, você pode alcançar clientes em todo o mundo;
    • Conforto: a pessoa trabalha no conforto do seu lar, sem precisar se deslocar ou enfrentar o trânsito;
    • Variedade de opções: existem diversas ideias de negócios online para explorar, desde a venda de produtos digitais até a oferta de serviços freelancers;
    • Seja seu próprio chefe: no home office, você é o seu próprio chefe, definindo suas próprias metas e estratégias.

    Conclusão

    Empreender sem sair de casa tem seus desafios como em qualquer outra forma de trabalhar.

    Mas, com planejamento, disciplina e trabalho duro, você pode alcançar o sucesso empreendendo sem sair de casa e realizar seus sonhos profissionais.

    + Posso receber salário em uma conta digital? Descubra lendo nosso conteúdo!

    Trends