Empréstimo para viajar é uma boa opção?

Anúncios

Nos finais de semana prolongados ou nas férias, viajar costuma ser sinônimo de diversão. E será que fazer empréstimo para viajar é uma escolha certa?

Sabemos que qualquer linha de crédito financeiro envolve juros, multas, prazo para pagamento, e é uma responsabilidade e tanto. 

Mas sabemos também que, muitas vezes, para fazer uma viagem internacional, ou mesmo dentro do Brasil, mas para destinos mais caros,dar todo o dinheiro de uma vez pode não ser possível. 

Anúncios

Por isso, neste texto vamos explicar a respeito do empréstimo viajar, colocando as vantagens e desvantagens dessa opção. 

Aqui, você vai conferir:

  • Como funciona um empréstimo para viajar?
  • Vale a pena pegar um empréstimo para viajar?
  • Quais são os requisitos para fazer um empréstimo para viajar?

Como funciona um empréstimo para viajar?

Antes de mais nada, é bom destacar que existem bancos que fazem empréstimos exclusivos para quem quer fazer uma viagem. 

Assim como existem diferentes formas de pagar as linhas de crédito, existem também diferentes tipos de empréstimos, para várias modalidades. 

Então, neste texto, estamos tratando de empréstimo pessoal, como todo mundo conhece, em que você solicita, seja online ou presencialmente em um banco, e após analisar o seu cadastro, é liberado – ou não – o seu dinheiro. 


Vale a pena pegar um empréstimo para viajar?

Para responder a essa pergunta, precisamos fazer algumas contas e estabelecer alguns critérios. 

Fato é que ninguém quer viajar e passar dias ótimos podendo gastar à vontade, e ao voltar para casa, se deparar com contas atrasadas e juros altíssimos por inadimplência. 

Então, para fazer a escolha de um empréstimo para viajar, antes de tudo, é preciso ter prudência. 

Então, siga os passos a seguir para definir se o empréstimo para viajar é ideal para você ou não:

Saiba quais são todas as suas despesas

Para tomar a decisão de recorrer aos bancos e viajar, você precisa ter bem claro quais são as suas despesas hoje e qual o valor da parcela de empréstimo que você poderia pagar.

Lembrando que os empréstimos costumam ser parcelados em muitas vezes, afinal, esse é o objetivo dele, te oferecer uma quantia maior para que você consiga ir pagando aos poucos. 

Depois, você precisa fazer a mesma coisa com relação à sua viagem. Quanto você vai gastar? Vai de avião, de ônibus ou de carro? Qual é a previsão de gastos com alimentação?

Vai sozinho ou em família? Quantos dias pretende ficar? E a hospedagem?

São informações importantes que dirão qual é o valor do empréstimo que você precisa, ou até mesmo se é necessário pegar um empréstimo para viajar. 

Onde conseguir um empréstimo para viajar

Hoje já existem muitas instituições financeiras que oferecem essa linha de crédito, algumas inclusive são parceiras de agências de viagens. 

Então, você pode verificar com o seu banco se ele conta com essa modalidade, e assim verificar as taxas de juros, formas de pagamento, e os valores que são disponibilizados para você. 

Facilidades para serviços de câmbios

Existem instituições financeiras que, além de oferecer a possibilidade de um empréstimo para viajar, oferecem também facilidade nos serviços de câmbios, como a troca de moedas em taxas mais baixas, se for o caso de uma viagem internacional. 

Essas são boas opções, não apenas para quem vai viajar a passeio, mas para quem precisa fazer uma viagem de negócios ou de família de maneira urgente, e assim conseguir mais tranquilidade. 


Quais são os requisitos para fazer um empréstimo para viajar?

Enfim, os requisitos para fazer um empréstimo para viajar variam de banco para banco, mas em geral, seguem a mesma linha de raciocínio de um empréstimo pessoal tradicional. 

Dessa forma:

  1. Você escolhe a instituição bancária;
  2. Faz seu cadastro e envia seus documentos, que costumam ser os documentos pessoais, comprovante de renda e de residência;
  3. O banco faz uma análise desses documentos, considerando também o seu CPF e histórico, para ver se você tem score suficiente para esse crédito;
  4. Depois, você recebe uma resposta positiva ou negativa, e o dinheiro do empréstimo, com as condições de pagamento ideais. 

Outras opções fora o empréstimo para viajar

Considerando a quantidade de juros que você vai pagar, assim como a quantidade de parcelas e o tempo que elas vão durar,é importante analisar se esse empréstimo é realmente necessário. 

Se você for fazer uma viagem planejada, é possível optar por agências de viagem que dão a opção de pagamento em até 12 vezes, e quando chega a data escolhida, já está tudo planejado. 

Então, se seu caso engloba:

  • Viajar a passeio
  • Viajar a estudos
  • Morar um tempo fora

Vale a pena, antes de tomar qualquer decisão, cotar com essas empresas de viagem quanto ficariam os seus gastos nesse cenário, para uma data distante. 

Porém, sabemos que muitas vezes, precisamos fazer viagens às pressas, por um ente querido que faleceu, para atender a uma emergência ou, simplesmente, por que não é possível se programar antes. 

Nesses casos, o empréstimo pode ser uma ótima opção, afinal, ter o dinheiro na mão pode fazer com que você pague tudo mais barato. 

Analise o que é mais importante no momento

Por fim, não há fórmula mágica e nem receita de bolo. Só você mesmo poderá dizer se o empréstimo para viajar é uma boa opção, ou se é mais interessante buscar outras alternativas. 

Não esqueça que o empréstimo é uma linha de crédito tradicional, com juros altos.

Ninguém merece e nem precisa ir viajar e voltar com dores de cabeça, por não conseguir arcar com todas as dívidas. 

Mais uma vez ressaltamos que o planejamento é essencial, e quando ele não é possível, gastar algum tempo analisando as opções pode diminuir bastante os custos. 

Conclusão

Não escolha fazer algo apenas por que todo mundo está fazendo. É comum se sentir mal em época de férias ao ver todo mundo viajando e só você ficando em casa. 

Porém, existem outros passeios acessíveis para quando você não puder viajar, e não há o risco de voltar para casa com o bolso cheio de dívidas. 

Considere o empréstimo para viajar quando ele for realmente uma opção necessária. 

Gostou do conteúdo?

Aproveite para ler também Cartão de crédito para autônomo negativado.

Compartilhe:

Posts Relacionados