Empréstimo RMC: o que é e como identificar?

Anúncios

Empréstimo RMC: o que é, consequências e como identificar! Leia o texto até o fim para saber mais!

Você já ouviu a expressão “Comprar gato por lebre”? No empréstimo RMC acontece mais ou menos dessa forma. 

Leia o texto e descubra o que é o empréstimo RMC e como identificar essa cobrança. Veja abaixo o que será abordado neste post:

  • O que é empréstimo RMC?
  • Quais as consequências?
  • Como identificar?
  • Quais as melhores empresas para solicitar um empréstimo consignado?
  • Conclusão.

Empréstimo RMC: o que é?

Anúncios

Antes de descobrir o que é empréstimo RMC, você precisa entender o que essa sigla significa.

A RMC significa Reserva de Margem Consignável. Ela é destinada ao pagamento da fatura do cartão de crédito consignado, inclusive, possui desconto automático na folha de pagamento. 

Conforme a lei, os servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS podem comprometer até 30% do seu pagamento com empréstimos.

A porcentagem para o cartão de crédito é de 5%, ou seja, até 5% da sua renda pode ser comprometida para o pagamento da fatura de cartão de crédito.

Normalmente, os serviços oferecidos para esse público é o consignado. Para entender como esses dois produtos funcionam, leia o texto: 

Cartão de crédito ou empréstimo consignado: qual é o melhor? 

No entanto, alguns bancos estão oferecendo um limite de crédito para saque de até 5%. Ou seja, eles utilizam a RMC como se fosse um empréstimo tradicional.

Contudo, a utilização dessa margem consignável é considerada abusiva. Isso porque, as taxas cobradas nas operações com o cartão de crédito são bem maiores do que as do empréstimo.

É como se você fizesse um empréstimo consignado, uma das opções com as menores taxas do país, mas pagasse o valor com acréscimo de juros e tarifas baseado na porcentagem do cartão de crédito.

Inclusive, alguns canais de comunicação caracterizam a prática como Golpe do RMC e os problemas não para por aí.

Quais as consequências do empréstimo RMC?

Uma das consequências geradas por esse préstimo indevido é o superendividamento. Isso porque, o servidor não percebe de imediato que está pagando apenas o valor dos juros e encargos cobrados pela utilização do cartão de crédito. 

Ela acredita que todos os meses está pagando a parcela do empréstimo, em consequência disso, a dívida só vai aumentando e se tornando cada vez mais difícil de quitar.

Em muitos casos, o indivíduo nem percebe a situação, ou só percebe quando a situação está fora de controle, ou seja, quando ele está superendividado.

Para se ver livre dessa situação, ele teria que efetuar o pagamento do empréstimo RMC em uma parcela única.

O empréstimo RMC é quando o banco, de forma enganosa, usa a margem consignável, que deveria ser utilizada para despesas do cartão de crédito consignado pelo próprio servidor e viabiliza esse valor como se fosse um empréstimo normal.

Resultando em um empréstimo pessoal, mas com as taxas do cartão de crédito. Em outras palavras, 5% do seu salário é comprometido com um empréstimo com uma alta taxa de juros sem ele se dar conta.

Como identificar o empréstimo sobre a RMC?

Para identificar esse tipo de empréstimo é muito simples. Acesse seu contracheque no Meu INSS e baixe o PDF.

A RMC fica registrada como o código 322, dessa forma, você conseguirá verificar se há alguma cobrança.

Para evitar esse tipo de golpe, você pode cancelar a Reserva de Margem Consignável. No entanto, não deve ter nenhuma dívida ativa.

Se por acaso você contratou esse empréstimo sem perceber, pensando ser um empréstimo tradicional, você pode procurar um advogado e entrar com uma ação judicial contra o banco.

Se você contratou o empréstimo do RMC ciente, mas encontra muita dificuldade para quitá-lo, procure o banco e veja se é possível negociar a dívida.

Uma alternativa, é você fazer um empréstimo consignado e quitar a dívida à vista.

Isso porque, os juros do empréstimo consignado são menores que os juros do empréstimo RMC.

Então, faça uma comparação para ver se vale a pena. Confira abaixo algumas ótimas opções de empréstimo consignado.

Quais as melhores empresas para solicitar empréstimo consignado?

Empréstimo RMC o que é?

No mercado financeiro existem muitas empresas que oferecem esse modelo de empréstimo. Isso, devido à segurança na operação, já que o valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento. 

Fora isso, esse modelo de empréstimo é um dos mais econômicos, pois tem as menores taxas e tarifas do mercado.

Neste caso, você precisa encontrar uma empresa de confiança e com uma taxa de juros menor. 

Atualmente, o teto da taxa de juros do empréstimo consignado é de 2,14% ao mês. Dessa forma, as taxas de juros aplicadas pelas instituições financeiras e bancárias não devem ultrapassar os limites legais fixados.

O Banco Central divulga periodicamente uma tabela com a taxa média de juros cobrados nesse modelo de empréstimo.

Como a porcentagem muda com frequência, antes de solicitar um empréstimo, acesse o site do Banco do Brasil e confira a tabela atualizada.

Vale destacar que a taxa de juros difere entre o empréstimo consignado do INSS, privado e para servidor público.

Veja abaixo uma lista com as melhores instituições com juros baixos para você solicitar seus empréstimo consignado e se livrar dos juros abusivos do empréstimo RMC:

  1. Cetelem;
  2. CCB Brasil Financeira;
  3. Banco de Brasília;
  4. Financeira Alfa;
  5. Sicoob;
  6. Sicredi;
  7. Banco Inter;
  8. Caixa Econômica Federal.

Antes de solicitar, não esqueça de fazer um bom planejamento e comparar qual é a melhor opção.

Nenhuma empresa séria e de confiança pedirá depósito para adiantar o valor do empréstimo. Então, fique de olho!

Conclusão

Como pode ver, na hora de solicitar um empréstimo consignado no seu banco é importante verificar se ele não é cobrado sobre a RMC.

Desta forma, é importante não seguir com a operação, pois os juros são maiores. Opte por uma opção de empréstimo consignado transparente. Considera nossas sugestões.

Compartilhe:

Posts Relacionados