Inscritos no Bolsa Família devem fazer a atualização do cadastro para não perderem o benefício

Conteúdo

Anúncios

Beneficiários do Bolsa Família que desejam continuar a receber o benefício devem realizar atualização cadastral a cada 2 anos. As mudanças são necessárias também em caso de mudança de endereço, falecimento do membro familiar e alteração dos dados informados, como renda, por exemplo.

Todas as etapas do procedimento sobre a atualização do Bolsa Família estão disponíveis nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou através do aplicativo Meu Cadastro Único. Isso se dá porque não existe inscrição específica para o programa, apenas junta ao CadÚnico para ações sociais do Governo Federal.

Quando há o bloqueio do Bolsa Família, por causa de dados desatualizados, o núcleo familiar tem a oportunidade de regularizar os dados antes do cancelamento permanente do benefício. Nesse caso, basta comparecer ao setor de cadastramento do programa informado acima levando consigo os documentos de toda a família.

Como acontece a participação no programa?

Anúncios

É importante mencionar que a inscrição no Cadastro Único não garante participação e recebimento imediato do Bolsa Família. A razão para isso está na seleção dos benefícios – feitas por um sistema informatizado que leva em consideração os dados informados em comparação as regras do programa – o que pode levar tempo.

As famílias escolhidas para fazer parte do programa recebem juntamente um cartão de saque, o Cartão Bolsa Família, de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. Junto com ele, é emitido também um panfleto contendo explicações referentes a como ativá-lo, bem como o calendário do saque dos benefícios.

Quem pode participar do Bolsa Família?

O Bolsa Família tem o objetivo de ajudar as famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Então, foram determinados limites relacionados a renda, sendo eles:

  • Famílias com renda por pessoa de até R$ 89,00;
  • Famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00, desde que tenha crianças e adolescentes de 0 a 17 anos que fazem parte desse núcleo familiar.
Compartilhe:

Posts Relacionados