Como cadastrar CPF na Nota Fiscal Paulista?

Anúncios

Você sabe como cadastrar CPF na Nota Fiscal Paulista e os benefícios dessa prática? Leia o texto e descubra como funciona!

como cadastrar cpf na nota fiscal paulista?

O Programa Nota Fiscal Paulista foi criado em 2007, mas sofreu algumas alterações 10 anos depois, em 2017.

No entanto, manteve suas principais características: o repasse de descontos tributários para empresas e consumidores.

Anúncios

Leia o texto e descubra como cadastrar o CPF na Nota Fiscal Paulista e outros detalhes sobre o programa.

Veja abaixo nosso índice:

  • O que é Nota Fiscal Paulista?
  • Como funciona o programa?
  • Como cadastrar CPF na Nota Fiscal Paulista?
  • Quais as vantagens de colocar CPF na nota?
  • Conclusão.

O que é Nota Fiscal Paulista?

A Nota Fiscal Paulista é um documento fiscal. Ele é expedido por empresas, organizações ou pessoas jurídicas. Além disso, pode ser eletrônica ou manual.

Ela foi incentivada pelo Governo do Estado de São Paulo com o intuito de diminuir a sonegação de impostos.

Além disso, para estimular a contribuição e fazer com que os consumidores tenham algum retorno em dinheiro dos impostos em compras e serviços.

O programa proporciona algumas vantagens para as empresas que são obrigadas a emitir algum tipo de documento fiscal.

Os incentivos são repassados através de redução tributária, por exemplo, 20% de desconto do valor do ICMS.

Quando uma pessoa faz suas compras em um estabelecimento que emite a Nota Fiscal Paulista, logo,  até 30% do valor que é recolhido pela loja volta para o consumidor em créditos, descontos ou abatimentos no IPVA.

Como funciona o programa?

Essa ação foi criada em 2007 e está disponível no estado de São Paulo e no município, onde inclusive, é chamada de Nota Fiscal Paulistana e possui algumas diferenças da paulista.

Com o programa, as notas fiscais emitidas e armazenadas eletronicamente pelas prefeituras garantem que os consumidores cadastrados recebam até 30% do valor consumido.

Os valores podem ser resgatados, doados e em alguns casos, trocados por abatimentos no IPTU, como já foi dito.

Além disso, o consumidor ainda pode participar de sorteios.

Como cadastrar CPF na Nota Fiscal Paulista?

Para participar do programa, não é preciso mais se cadastrar, os créditos são gerados automaticamente, basta informar o CPF na hora da compra.

Diga ao atendente ou caixa que você deseja colocar o CPF na nota e informe o número do documento.

É muito importante verificar se o CPF foi digitado corretamente antes do caixa finalizar a operação, ou seu benefício pode ir para outra pessoa.

Para consultar a sua pontuação, valor disponível para saque e realizar a transferência desse valor, é necessário se cadastrar no site da Nota Fiscal Paulista.

Valor mínimo para transferência: R$0,99

Clique no link acima ou digite “portal.fazenda.sp.gov.br” no seu navegador e acesse o site. Será necessário cadastrar uma senha. Toda vez que acessar o site você deve informar seu CPF e a senha que cadastrou.

Feito isso, escolha a opção “consumidor”. Faça a verificação de que você não é um robô e clique em “Acessar”.

como cadastrar cpf na nota fiscal paulista
Como cadastrar CPF na Nota Fiscal Paulista? Foto : reprodução

Em seguida, aparecerá uma página com algumas informações, inclusive, o valor que você tem disponível.

Para resgatar o valor será necessário cadastrar uma conta corrente. A quantia fica disponível em no máximo 5 dias úteis  após a solicitação de resgate.

Fora isso, você ainda pode doar o valor para algumas entidades ou participar de sorteios. 

No site você tem acesso a muitas informações sobre suas compras, inclusive, o porquê de algumas compras não terem gerado crédito, mesmo que você tenha optado por colocar CPF na nota.

Falando nisso, vale ressaltar que nem toda sua compra gerará créditos na Nota Fiscal Paulista.

Você pode verificar com com o caixa antes de colocar seu CPF na nota, se preferir. Contudo, se não tiver acesso a essa informação antes de finalizar a compra, coloque o documento assim mesmo assim mesmo.

A porcentagem dos créditos adquiridos não é grande, portanto, quanto mais compras você colocar o CPF, maiores serão os ganhos.

Quais as vantagens de colocar CPF na Nota Fiscal Paulista?

Uma das principais vantagens diretas para o consumidor é ter um dinheiro extra para sair de um momento de aperto.

Apesar dos valores não serem altos, dependendo da quantidade de crédito acumulados, faz uma boa diferença no orçamento.

Além disso, o programa te dá a possibilidade de usar seus créditos de diferentes formas, por exemplo, fazendo doações.

Você ainda pode participar de sorteios e ganhar muitos prêmios em dinheiro. Sabe aquela verba que está precisando para reformar sua casa? Você pode ganhar em um sorteio da Nota Fiscal Paulista!

Para participar dos sorteios é necessário ter um valor mínimo de crédito de R$100,00.

Por fim, outra grande vantagem da Nota Fiscal Paulista é o fortalecimento do exercício da cidadania, nesse caso, contribuindo para a diminuição da sonegação fiscal.

Importante: desde de outubro de 2021, os créditos que não forem resgatados pelo consumidor no prazo de 12 meses serão automaticamente cancelados.

Conclusão

A Nota Fiscal Paulista é um ótimo incentivo do estado de São que beneficia as empresas e também o consumidor. 

Ao informar seu CPF na nota você pode usufruir de alguns benefícios, inclusive ter a oportunidade de ganhar prêmios em dinheiro.

Além disso, pode ajudar a melhorar a sua pontuação no escore, pois é uma forma de você ser visto como consumidor pelas instituições financeiras.

Sendo assim, vale a pena informar o CPF na Nota Fiscal Paulista na hora de realizar suas compras em qualquer estabelecimento.

As despesas pagas com o cartão de crédito também podem gerar crédito, porém, você sabe qual é o melhor dia para usar o cartão? Clique aqui e descubra!

Compartilhe:

Posts Relacionados