Conheça alguns benefícios que trabalhadores e aposentados podem ter

Anúncios

Quem trabalha de carteira assinada ou é aposentado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pode recorrer a alguns benefícios sociais que são ofertados pelo governo.

As medidas que já estão valendo para este ano, ajudam financeiramente o bolso do cidadão em tempos de complicações financeiras.

Abono salarial PIS/PASEP
Benefício destinado a quem trabalhou de carteira assinada pelo menos 30 dias do ano base de referência, o abono salarial PIS/PASEP pode chegar até R$ 1.100,00.

Anúncios

O cálculo que estabelece o valor equivale à quantidade de meses trabalhados, multiplicados 1/12 do valor do salário mínimo ofertado hoje.

Além de ser obrigado o trabalho formal, para receber o abono salarial é necessário cumprir outras exigências, como:

  • Ter recebido no máximo dois salários mínimos;
  • Ter cadastrado no PIS/PASEP há 5 anos;
  • Ter os dados cadastrados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Cotas do PIS/PASEP

Quem trabalhou de carteira assinada na iniciativa privada ou como servidor público civil ou militar entre os anos de 1971 e 1988 tem direito às chamadas cotas do PIS/PASEP.

O valor está disponível para quem não fez o saque naquela ocasião e tem quantias provenientes de contribuição daquela época.

Para receber o valor, o primeiro passo é consultar o saldo PIS/PASEP em qualquer agência da Caixa usando o CPF.

É importante citar que, no caso de cotistas falecidos, dependentes e herdeiros podem fazer a retirada dos valores mediante a apresentação da documentação que comprove essa posição.

FGTS

Trabalhadores que aderiram à modalidade de saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem sacar anualmente, e no mês de nascimento, uma parte do saldo desse fundo – até 50%.

Então, quem deseja participar da modalidade ainda em 2021 precisa informar à Caixa Econômica Federal da escolha até o último dia do mês de aniversário.

A adesão é realizada através do aplicativo ou site do FGTS, Internet Banking da Caixa ou terminais de autoatendimento da estatal.

Atrasados do INSS

Aposentados e pensionistas do INSS que pediram a revisão do benefício podem receber um valor grande em atrasados. Isso porque a diferença entre o valor do benefício concedido inicialmente em comparação ao valor atualizado é pago de uma vez.

Atrasados de até 60 salários mínimos (neste ano, R$ 66 mil) são pagos por meio de RPVs em até três meses. Se o valor de direito ultrapassar este teto, o segurado recebe o chamado “precatório”, quitado uma vez ao ano.

Compartilhe:

Posts Relacionados