Por que todo mundo está falando sobre o Short Squeeze? Entenda!

Anúncios

De resultados fracos nas vendas a supervalorização, do nada! Leia o texto e entenda o que é Short Squeeze!

Uma varejista americana, que mesmo na era de jogos online e das plataformas de streaming insistia em depositar seus esforços apenas nas vendas físicas, acabou se tornando alvo de fundos que operam em short.

Contudo, graças a um movimento conhecido como Short Squeeze, acabam vendo suas ações inflarem e os papéis saltarem até 676% ao mês.

Anúncios

Para entender mais sobre esse assunto e, porque está todo mundo falando dele, continue efetuando a leitura.

Veja abaixo nosso índice:

  • O que é Short Squeeze?
  • Como funciona?
  • Por que tem se falado tanto sobre o Short Squeeze?
  • Como um Short Squeeze prejudica quem opera vendido?
  • Conclusão.

O que é Short Squeeze?

É uma manobra na Bolsa de Valores, esse movimento ocorre quando um ativo sobe velozmente.

Com essa mudança repentina, os investidores que estavam apostando na queda desses ativos, acabam se vendo obrigados a comprá-los rapidamente para evitar prejuízos. 

Como funciona?

O termo “Short Squeeze” traduzido fica “Aperto curto”, trazendo para esse contexto, os investidores acabam sendo pressionados por essa situação de aperto que necessita de uma resposta rápida, em um curto prazo.

Na verdade, apesar de a explicação se encaixar no contexto e tornar a situação mais fácil de ser compreendida, o termo “Short” no mundo dos investimentos, se refere aos investidores que negociam uma ação apostando que ela vai cair.

Portanto, quando você investir em um ativo apostando que ele será desvalorizado, você está operando em “Short ou Vendido”.

Mas, porque alguém faria isso se a gente investe em ações pensando na possibilidade delas se valorizarem e obtermos ganhos?

O short squeeze é como se fosse um “tiro no pé” do investidor, isso porque, as ações envolvidas nesse movimento são pegas emprestadas por algum fundo de outros investidores, como se fossem alugadas.

Em seguida, eles vendem pelo preço atual, a ideia por trás dessa ação é voltar a comprar essas ações por um preço menor e devolver ao dono original e assim, lucrar com a baixa desse ativo.

No entanto, acontece o Short Squeeze, as ações são super valorizadas, como num toque de mágica, e os fundos têm que comprá-las novamente, mas por um preço bem maior e antes que subam ainda mais.

Por que tem se falado tanto em Short Squeeze nos últimos meses?

Por que tem se falado tanto em Short Squeeze nos últimos meses?

GameStop é uma varejista com uma rede de lojas de videogames. Ela não tinha nada de notável e via suas vendas caírem dia após dia. Por conta disso, era um alvo certo e exclusivo para as operações em Short.

Em outras palavras, muitos fundos negociavam apostando que ela cairia, mas havia uma minoria de investidores que apostaram ao contrário.

Por conta de práticas desenvolvidas na internet por essa minoria de investidores, as ações da GameStop tomaram um rumo diferente e subiram rapidamente.

O Reddit é um dos maiores fóruns online do mundo e foi palco para os atos da minoria de investidores.

Eles resolveram arquitetar um plano contra os analistas que negociavam sempre a favor da queda da GameStop.

Os investidores compraram os papéis em amontoado dessa empresa, em consequência disso, o valor das ações começou a subir.

Então, coagidos com o crescimento e para evitar prejuízos maiores, os fundos tiveram que comprar as ações antes que elas crescessem ainda mais.

Resultado? Supervalorização dos papéis da GameStop devido à movimentação no mercado, consequente dos fundos recomprando a ações e também do interesse que o caso gerou.

As empresas ou pessoas que haviam alugado/emprestado suas ações para os fundos acabaram pedindo-as de volta, então, quem estava operando em Short acabou tendo que recomprar os ativos mais caros, originando um Short Squeeze.

Como um Short Squeeze prejudica quem opera vendido?

Como um Short Squeeze prejudica quem opera vendido?
Wall Street

Conforme regras da bolsa americana, quem opera vendido precisa ter depositada uma porcentagem do valor das ações, essa quantia serve como garantia.

Portanto, quando os papéis disparam, eles precisam desembolsar o valor dessa garantia.

Além disso, se houver muitos vendedores desejando recomprar as ações antes de perderem ainda mais dinheiro com a supervalorização, eles terão que competir, isso porque, todos estão aflitos para se livrar das suas ações.

O cenário se torna um pouco caótico, principalmente porque não há um limite determinado para o quão alto as ações podem subir.

No caso da GameStop, os mega investidores, ou seja, grandes fundos de hedge, tiveram grandes prejuízos com o Short Squeeze.

Conclusão

Quando o valor dos papéis começam a inflar velozmente, os grandes fundos que operam em vendido, ou seja, grandes fundos vendedores, querem sair dessa situação, pois só lucram se ela cair.

Além de não lucrar, eles podem ter prejuízos crescentes conforme as ações em questão forem subindo.

Para evitar prejuízos maiores e recomprar as ações a tempo, é importante acompanhar os gráficos e o cálculo da porcentagem de juros para prever e identificar um Short Squeeze, além disso, saber o momento de vender os papéis.

Da mesma forma que as ações de uma empresa subiram, elas também podem cair repentinamente, umas das principais características desses movimentos é que alguém lucra e outro sai no prejuízo.

Certamente, você só precisa ter feito a negociação apropriada e estar sempre atento aos gráficos para tentar reverter qualquer situação indesejada ou pelo menos, diminuir os prejuízos.

Referência: Nubank

Recomendação de leitura: Como funciona o cartão de crédito Platinum e quais suas vantagens?

Compartilhe:

Posts Relacionados