Taxas de juros menores no empréstimo no carnê

Uma das principais vantagens do empréstimo no carnê é a possibilidade de conseguir taxas de juros menores em relação a outras modalidades de crédito.

Anúncios

Isso ocorre porque, ao optar por essa modalidade, o cliente tem como garantia o próprio bem adquirido com o empréstimo.

Isso faz com que as instituições financeiras tenham uma segurança maior na concessão do crédito, o que pode resultar em juros mais baixos.

Outro fator que contribui para as taxas mais baixas é que, ao contrário do que ocorre com outras modalidades de crédito, o empréstimo no carnê é pré-fixado.

Anúncios

Isso significa que o valor das prestações é definido no momento da contratação do empréstimo e não sofre variações ao longo do tempo.

Dessa maneira você saberá quanto irá pagar do começo ao fim.

Além disso, ao optar pelo empréstimo no carnê, o cliente tem a possibilidade de parcelar o valor do empréstimo em um prazo mais longo, o que pode resultar em prestações menores.

Sendo assim, isso pode ser uma vantagem especialmente para aqueles que precisam de um valor mais alto para realizar um projeto, mas não têm condições de arcar com prestações muito elevadas.

E por fim, é importante destacar que as taxas de juros podem variar de acordo com a instituição financeira e as condições de cada empréstimo, por isso é importante entender como funciona esse tipo de empréstimo.

Como funciona o empréstimo no carnê

O empréstimo no carnê funciona assim como um empréstimo pessoal, no entanto seu pagamento é feito através de um carnê e não em débito em conta.

Alguns clientes preferem essa modalidade até mesmo pelo fato de não possuírem uma conta bancária destinada para esse fim.

Ou até mesmo para seu controle financeiro, uma vez que ao ter um carnê com todos os boletos esse controle fica mais fácil.

Embora prometa valores de juros reduzidos, é importante que antes de selecionar essa modalidade de empréstimo, você pesquise as instituições e todas as modalidades oferecidas, pois podem sofrer alterações de valores.

Quem pode solicitar um empréstimo no carnê?

Qualquer pessoa com mais de 18 anos que possua RG, CPF, comprovante de residência e de renda pode solicitar um empréstimo no carnê.

No entanto, vale lembrar que ao solicitar o empréstimo ele estará sujeito a análise,

Sendo assim, no caso de restrição no CPF pode ser mais difícil a liberação do crédito.

Qual a diferença entre empréstimo no carnê e boleto?

A diferença básica entre os dois é que o boleto é enviado todos os meses de acordo com o vencimento previsto no contrato.

Nessa opção o cliente ainda pode ter acesso a plataforma do banco para emissão do boleto pela internet.

No entanto, ao optar pelo empréstimo no carnê, o cliente receberá de uma só vez todas as parcelas em forma de um carnê.

O que é uma boa opção para manter um melhor controle da suas finanças.

Já que no caso de antecipação de parcelas elas já estrão em mãos e você não precisará solicita-las ao banco.

Conclusão

Por isso, é fundamental pesquisar e comparar as opções disponíveis no mercado antes de contratar um empréstimo no carnê.

Convidamos você a conhecer mais vantagens e desvantagens dessa modalidade de crédito para fazer uma escolha consciente e adequada às suas necessidades financeiras.

Compartilhe:

Posts Relacionados