Consórcio ou financiamento: o que vale mais a pena?

Está em dúvida entre um consórcio ou financiamento? Para te ajudar nessa questão, criamos um conteúdo mostrando os pós e os contras de cada modalidade.

Consórcio ou financiamento, qual é a melhor opção?

Anúncios

Para tomar essa decisão é preciso saber os prós e os contras de cada modalidade.

Esse é o intuito deste artigo, te ajudar com informações úteis, continue a leitura e descubra.

O que é consórcio?

A princípio, o consórcio é uma forma de compra parcelada na qual a pessoa se junta com outras pessoas para adquirir ou comprar um bem, ou obter um serviço.

Ou seja, esse grupo de pessoas vai se unir a uma instituição financeira para aproveitar as condições de compras e de custos menores do que um financiamento, por exemplo.

Nesse sentido, o interessado assume uma prestação mensal e concorre a sorteios ou lances, para ser contemplado com o crédito e realizar seu propósito ou sonho.

Em suma, o consórcio não cobra taxa de juros.

Anúncios

Contudo, eles têm uma taxa básica de administração que alterna segundo a empresa ou instituição que organiza.

Os tipos de consórcios que existem são:

  • Os de veículos;
  • Imóveis;
  • Serviços;
  • Eletrodomésticos e móveis.

Consórcio ou financiamento: como acontece a contemplação?

A contemplação significa que a pessoa recebeu a carta de crédito para aquisição do bem, isso ocorre de duas maneiras, veja como:

Sorteio 

Por meio do sorteio todos os interessados têm a mesma chance de serem contemplados.

Assim, o 10° sorteado será o contemplado, ou se ele já foi premiado, a oportunidade passará para o 9°, e assim sucessivamente.

Nesse sentido, o sorteio acontece nas assembleias gerais ordinárias que se enquadram nas regras do contrato e com os valores no caixa do grupo.

A quantidade de sorteios mensais vai depender das regras de cada administradora.

Lances 

Os participantes que não querem ficar à mercê apenas da sorte podem optar pelos lances, que podem ser fixos, livres ou antecipados.

Dessa forma, os lance ocorre como leilões, ou seja, que dá mais leva o produto.

Como resultado, nos lances livres, a pessoa oferta o valor que deseja, e o maior lance dado ganha.

Em suma, esse percentual é calculado em cima do valor do crédito e, considerado o saldo do grupo.

Por sua vez, no lance fixo, o consorciado oferta o valor fixado de 50% ou 25% do crédito, considerando as características do seu grupo.

Dessa maneira, quando o lance for de 50% a pessoa poderá pegar 25% da carta e 25% do capital próprio.

O que é financiamento?

Consórcio ou financiamento

Antes de descobrir qual é a melhor alternativa entre o consórcio ou financiamento, você poderá saber mais detalhes sobre a segunda opção.

Em primeiro lugar, o financiamento é uma modalidade na qual a pessoa recebe o valor parcial ou integral do bem, ou serviço que deseja em questão.

Desse modo, ela vai pagar o que comprou por meio de parcelas ao longo do prazo estipulado.

O financiamento cobra taxas de juros que podem ser variáveis ou faixas, além de outras taxas e impostos que acabam encarecendo a operação.

+ Conheça o empréstimo Jeitto, que aprova até negativados

Veja algumas características do financiamento:

  • O crédito total é disponibilizado no momento da concessão do financiamento, sendo permitindo a posse imediata do bem ou serviço;
  • A quitação é feito por meio de parcelas mensais ao longo do prazo acertado;
  • Nos pagamentos estão inclusos tanto o valor do empréstimo quando os juros calculados sobre o mesmo valor adquirido;
  • O financiamento costuma envolver algumas garantias da parte da pessoa interessada como, imóvel ou veículo.

Consórcio ou financiamento: quais são os tipos de financiamentos que existem?

Observe quais são os financiamentos que há no mercado:

  • Financiamento de veículos;
  • Estudantil;
  • Imobiliário;
  • Financiamento coletivo;
  • Financiamento de sistema financeiro de habitação;
  • Carta de fiança;
  • Autofinanciamento;
  • Antecipação de recebíveis;
  • Microcrédito;
  • Financiamento de máquinas.

Quais são as vantagens e desvantagens do consórcio e financiamento?

Aqui, para que você tenha um panorama melhor de ambos e consiga decidir melhor  entre consórcio ou financiamento, será destacado as vantagens e desvantagens de ambos.

Vantagens do consórcio:

  • Não necessita de entrada ou pagar taxa de adesão;
  • Não paga juros a longo prazo;
  • A qualquer momento você pode sair do grupo, com multa ou sem multa;
  • Comodidade para utilizar o crédito na compra de um bem à vista, com entrada ou financiamento.

Desvantagens:

  • Não há garantia de quando receberá o crédito;
  • Continua pagando as parcelas mesmo após ser contemplado;
  • É possível ter taxas de administração altas;
  • Pode haver alguma dificuldade para o bem que você quer com o valor do crédito.

Agora veja as vantagens e desvantagens do financiamento.

Vantagens:

  • Você recebe o crédito imediatamente após a aprovação;
  • Tem a vantagem de escolher o serviço ou o bem que desejar, se estiver no valor do crédito financiado;
  • Pode negociar condições de pagamentos, como juros, prazos e parcelas;
  • Tem a oportunidade de amortizar ou quitar a dívida antecipadamente, com descontos de juros.

Desvantagens:

  • Você necessita dar uma entrada, que dependendo do bem ou serviço, pode ser alta;
  • Paga taxa de juros, que pode ser altas considerando o tipo de financiamento e o prazo;
  • É possível ter outras taxas e impostos que acabam aumentando o custo do crédito;
  • Pode ter o serviço ou o bem alienado em situação de inadimplência.

Conclusão 

Mas, o que é melhor? Consórcio ou financiamento

Conforme as informações apresentadas, se for levar para o lado financeiro, o consórcio é mais vantajoso porque não precisa de entrada, não há taxas e não tem juros a longo prazo.

Porém, se você precisa de algo imediato, a opção recomendada é o financiamento.

Por fim, você deve avaliar quais são as suas exigências a longo ou a curto prazo e decidir pelo meio que mais se adeque a sua situação.