Uber fará empréstimo para motoristas e entregadores

Anúncios

A Uber anunciou recentemente empréstimo para motoristas e entregadores, iniciativa que nasceu da parceria da empresa com a fintech Digio.

De acordo com a empresa, o formato inicial da parceria envolverá até 1 mil motoristas e entregadores do aplicativo.

Dessa maneira, será ofertado empréstimos de R$ 1 mil até R$ 5 mil, com prazo de pagamento de 12 meses e taxa de juros de 2,97% ao mês.

Anúncios

Segundo informações, o valor do empréstimo será retido pela Uber, dentro de um modelo de mercado bancário bem semelhante com a trava de recebíveis – onde o empréstimo ocorre usando como parâmetro os valores que a outra parte deve receber no futuro – mas a empresa não será a responsável por autorizar os empréstimos e também não irá receber parte das receitas dessa operação.

Um ponto interessante desse acordo é que os pagamentos podem ser feitos semanalmente, segundo o fluxo de entrada de receita dos motoristas e quem paga de maneira adiantará terá descontos em cima dos juros.

De acordo com o superintendente de Novos Negócios do Digio, esse modelo de crédito pessoal poderá ser escalado e eventualmente chegará a outras plataformas de intermediações de serviços profissionais autônomos.

“Isso vale para todo perfil de prestadores de serviço que têm recebíveis recorrentes”, disse ele.

Enquanto para Digio o empréstimo para motoristas e entregadores é como uma oportunidade de expansão da sua carteira de clientes dentro de uma negociação que envolve baixo risco, o negócio se mostra positiva também para a Uber como uma maneira de expandir entre a empresa e os parceiros, uma vez que o intuito é ofertar serviços para toda base que está ativa dentro do aplicativo – cerca de 1 milhão de profissionais autônomos.

Compartilhe:

Posts Relacionados