Novas regras do auxílio emergencial – Consulte aqui

Anúncios

O pagamento do auxílio emergencial 2021 vai passar por um pente-fino que vai excluir metade dos antigos beneficiários, visto que o Governo cruzou mais de onze banco de dados, como CNIS, CAGED, INSS e até o Imposto de Renda para conseguir estabelecer quem realmente deve receber o benefício.

Portanto, apenas com o CPF já é possível entender a situação do solicitante e se ele tem ou não direito ao auxílio.

Quem não pode receber?

São proibidos de receberam o auxílio emergencial quem recebe:

  • Aposentadoria;
  • Seguro-desemprego;
  • Pensão;
  • Qualquer benefício assistencial (com exceção do Bolsa Família).
Anúncios

Segundo as regras do ano passado, que ainda serão levadas em consideração para esses novos pagamentos, aqueles cuja a renda familiar seja superior a 3 salários mínimos ou cuja o valor seja superior a meio salário mínimo por pessoa, também não poderão receber.

Valores do auxílio emergencial 2021

A regra de valores também mudou e esse ano o auxílio será pago em uma quantia menor. De acordo com as informações já divulgadas, será levado em consideração o núcleo familiar. Veja:

  • Mulheres com filhos – R$ 375,00;
  • Famílias compostas por uma pessoa – R$ 150,00;
  • Para as demais situações – R$ 250,00.

O previsto é que os pagamentos iniciem no dia 18 de março para quem é beneficiário do Bolsa Família e ao final do mês seja direcionado para as demais pessoas.

Além disso, assim como no ano passado, o pagamento deve acontecer através do aplicativo Caixa Tem.

Compartilhe:

Posts Relacionados