Confirmado antecipação do 13º salário do INSS

Anúncios

Paulo Guedes, Ministro da Economia, confirmou que o Governo vai realmente antecipar o 13º dos aposentados do INSS. A medida foi tomada no começo do ano pela equipe de Jair Bolsonaro como uma das maneiras de garantir assistência financeira aos idosos, que são a população mais vulnerável nesse momento.

O plano de antecipação do décimo terceiro, chamado de abono natalino, já foi realizado em 2020 em razão da pandemia do coronavírus. Então, acontecerá da mesma forma em 2021, como dito por Paulo Guedes.

A medida do Governo segue como uma das medidas que não tem impacto fiscal para reaquecer a economia mais uma vez no começo do ano. Entretanto, ela só acontecerá após a aprovação do Orçamento Geral da União, previsto para ser votado em março no Congresso.

Anúncios

Após anunciar a retomada do auxílio emergencial que irá atender mais de 40 milhões de pessoas, a equipe econômica do Brasil mantém outras soluções como a antecipação do abono salarial Pis/PASEP, nova rodada de saque do FGTS e o adiantamento do 13º dos aposentados.

Além disso, a pasta também cogita a retomada do BEm (Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda) que no ano passado teve mais de 19 milhões de contratos suspensos ou redução de salários e jornadas.

Ainda no começo de 2021, a antecipação do 13º salário dos aposentados foi confirmada pelos assessores do presidente. De acordo com informações, o plano é pagar no mês de abril o abono, depois da aprovação do orçamento da União, que tem previsão para ser votado em março no Congresso.

A posição do Governo Federal em fazer a retomada dos benefícios aconteceu depois da avaliação do cenário econômico e a crise sanitária grave do ano de 2021.

Compartilhe:

Posts Relacionados