Cartão de crédito ou empréstimo consignado: qual é o melhor?

Anúncios

Que está todo mundo precisando de dinheiro, não é nenhuma novidade. Por isso, instituições financeiras estão cada vez mais oferecendo opções para tentar colocar o devedor, ou a pessoa que tem um salário baixo, ativo como consumidor. O cartão de crédito consignado e o empréstimo consignado são duas dessas maneiras. 

Mas as dúvidas são muitas: qual é a melhor opção? Como conseguir uma dessas opções e não me enfiar em mais dívidas? Quais são as vantagens e desvantagens?

Todas essas perguntas serão respondidas nesse post e neste conteúdo você vai encontrar:

  • Como funciona o cartão de crédito consignado
  • Como funciona o empréstimo consignado
  • Qual das duas opções é melhor?

Como funciona o cartão de crédito consignado

Anúncios

O cartão de crédito todo mundo já conhece: o banco correspondente fornece um valor de crédito, como se fosse um “empréstimo”, com um limite que pode ser gasto. 

A pessoa fica livre para fazer suas compras e efetua o pagamento depois, se comprometendo a arcar com seus compromissos financeiros até a data de pagamento pré-estabelecida em conjunto com a operadora de cartão. 

Quando a fatura é paga em dia, não há ocorrência de juros, e o crédito pago é novamente liberado para ser usado novamente, e assim por diante. 

O perigo está em não conseguir pagar a dívida: os juros se acumulam, as contas acabam virando uma bola de neve e problemas começam a surgir. 

Mas tudo isso você já sabe, né? O cartão de crédito é muito comum hoje em dia. 

Já o cartão de crédito consignado tem algumas diferenças. A ideia é a mesma: oferecer crédito para que o cliente possa fazer suas compras por meio do cartão. 

A diferença está na forma de pagamento: o usuário não tem a opção de não pagar, ou pagar atrasado. As dívidas são descontadas na folha de pagamento, ou no próprio banco. 

Pela maior garantia de pagamento, as taxas de juros do cartão de crédito consignado são mais baixas. Entretanto, se não for usado com sabedoria, até mesmo esse formato de cartão pode acabar acarretando em dívidas indesejáveis. 

Principais vantagens do cartão de crédito consignado

Dentre os principais benefícios do cartão de crédito consignado, estão: 

  • Sem taxa de anuidade
  • Taxas de juros menores
  • Prazo estendido para pagamento

Principais desvantagens do cartão de crédito consignado

Porém, assim como tudo na vida, também existe o lado ruim desse tipo de cartão. As principais desvantagens são:

  • Risco de se endividar
  • Possibilidade de saque, que aumenta as chances de descontrole financeiro. 

Outras características desse formato de cartão

Vale ressaltar que a maioria das características são bem parecidas com as do cartão de crédito tradicional. Por exemplo, a fatura é praticamente do mesmo jeito. O limite de crédito liberado é correspondente a uma parte do seu salário. 

Como funciona o empréstimo consignado

Muito conhecido por aposentados e pensionistas, o empréstimo consignado funciona da seguinte maneira: um valor é creditado na conta do interessado, porém, ele é descontado em folha, ou seja, uma parte do salário já fica automaticamente comprometida. 

Infelizmente, se não for uma decisão muito bem pensada, o empréstimo consignado pode mais atrapalhar do que beneficiar, assim como qualquer outra forma de conseguir crédito no mercado financeiro atualmente. 

Esse tipo de crédito é liberado preferencialmente para trabalhadores de carteira assinada, aposentados ou pensionistas do INSS. 

Vantagens do empréstimo consignado

Menor taxas de juros

Em comparação a outras linhas de crédito, o empréstimo consignado tem uma das taxas mais baixas do mercado. Isso é uma vantagem, principalmente se ele for usado para uma situação emergencial. 

Muitas pessoas acabam optando pelo empréstimo consignado em caso de doenças na família (para comprar medicamentos de alto custo, por exemplo), ou realizar algum conserto pontual inesperado. 

É possível conferir as taxas praticadas atualmente diretamente no site do Banco Central.

Facilidade para contratar 

Profissionais com carteira assinada conseguem facilmente contratar um empréstimo consignado. Praticamente não há burocracia e o dinheiro é liberado com agilidade, o que também é uma grande vantagem. 

Prazos maiores de pagamento

O pagamento também pode ser uma vantagem para quem não quer se apertar: os bancos oferecem até 120 meses para pagar a dívida do empréstimo consignado. 

Desvantagens do empréstimo consignado

Caso perca o emprego, o valor da dívida precisa ser quitada

Como o pagamento do empréstimo está condicionado ao contrato de CLT, caso o devedor perca o seu emprego, precisará pagar as dívidas em aberto de uma só vez, o que é muito complicado, principalmente para uma pessoa desempregada. 

A dívida dura por muito tempo

Antes de contratar, é preciso analisar se você está disposto a ficar muito tempo com uma dívida desse nível. Imprevistos acontecem e isso pode se tornar um grande problema. 

Não dá para suspender o débito

Esse tipo de dívida é descontado na folha de pagamento, ou seja, não dá para pagar de outra forma ou reverter a situação. 

Qual das duas opções é melhor?

Depois de entender como funciona cada tipo de linha de crédito, entender os benefícios e as desvantagens, é hora de analisar qual dessas opções é melhor. 

Vale ressaltar que, de certa forma, são maneiras muito parecidas de conseguir crédito no mercado, assim como a sua forma de pagamento para quitação da dívida. 

Em ambas as modalidades, é preciso se perguntar: eu realmente preciso desse crédito?

Se a resposta for sim, as próximas perguntas são:

  1. Vou conseguir pagar a parcela sem comprometer as outras contas?
  2. Eu tenho estabilidade no meu emprego para fazer esse compromisso a longo prazo?
  3. Essa é a única maneira de suprir a minha necessidade?

Também é bom reforçar os momentos em que NÃO é interessante usar essas duas linhas de crédito:

  1. Para emprestar dinheiro a algum amigo ou familiar. Ele pode não pagar e a dívida cair no seu colo;
  2. Para investir financeiramente. Na maioria das vezes, o rendimento do valor é menor do que os juros. 

Analisando todas essas opções, você está apto para tomar a sua decisão sobre usar ou não uma dessas linhas de crédito, e qual delas é melhor. 

Este conteúdo foi útil para você?

Deixe o seu comentário!

Compartilhe:

Posts Relacionados