Anúncios

Empréstimo entre pessoas físicas: como funciona?

Anúncios

Como todos sabem, estamos começando a sair de uma crise mundial causada pela pandemia de COVID-19. Para isso, o empréstimo entre pessoas físicas se tornou uma realidade.

Além de vitimar quase 600 mil pessoas só no Brasil, o vírus ainda causou uma crise econômica no mundo todo. Isso fez com que cada vez mais pessoas buscassem alternativas de crédito para conseguir enfrentar esse momento, ou até mesmo para lidar com débitos que surgiram ao longo da pandemia

Mas, devido aos juros altos e a burocracia, o cliente encontra cada vez mais obstáculos para obter essa linha de crédito. Isso fez com que a modalidade de empréstimo entre pessoas físicas ganhasse força durante a pandemia, se tornando uma boa opção para quem não consegue – ou não quer – recorrer aos empréstimos convencionais.

Anúncios

Mas como funciona? Será que é uma opção segura? É uma modalidade legalizada?

Para te ajudar, reunimos algumas informações sobre essa nova linha de crédito que vem crescendo no país. O conteúdo será dividido nos seguintes tópicos:

  • O que é o empréstimo entre pessoas físicas
  • Como funciona
  • O pioneirismo do Bulla
  • É uma opção segura para quem empresta
  • É uma modalidade de crédito legalizada
  • Quais as principais vantagens dessa linha de crédito
  • Conclusão

O que é empréstimo entre pessoas físicas?

Como o próprio nome já sugere, esse tipo de empréstimo ocorre quando alguém (uma pessoa física) empresta determinada quantia em dinheiro para outra pessoa (também pessoa física).

Apesar de não ser uma modalidade nova – já que sempre aconteceu, porém de maneira informal – emprestar dinheiro entre pessoas agora conta com as SEP’s (Sociedades de Empréstimo entre Pessoas), tornando a transação mais segura tanto para quem empresta o dinheiro, quanto para quem solicita o empréstimo.

Como funciona o empréstimo entre pessoas físicas?

As SEP’s (Sociedade de Empréstimo entre Pessoas) são intermediadoras desse modelo de negócio, tornando possível a realização desse tipo de transação financeira.

Anúncios

Também chamada de empréstimo coletivo ou P2P “peer-to-peer lending” (empréstimo entre pares, na tradução livre do inglês), a empresa responsável realiza o famoso “meio de campo”, intermediando toda a negociação.No Bulla, a principal fintech da modalidade, os valores disponíveis para empréstimos variam de R$ 1 mil até R$ 4 mil.

Já o pagamento pode ser feito entre 10 parcelas mensais até 18 vezes.Após formalizada a transação, é gerado um boleto para que o investidor realize o pagamento do valor solicitado.

Só após o pagamento que o valor cai na conta do solicitante do empréstimo. O pagamento das parcelas do empréstimo também segue o mesmo padrão.

O pioneirismo do Bulla

Presente desde 2018 no mercado, a fintech é uma das principais pioneiras desse segmento. Além de ser a primeira SEP (Sociedade de Empréstimo entre Pessoas) aprovada pelo banco central, a empresa ganhou forças nos últimos dois anos.

De janeiro até agosto de 2021, a empresa já intermediou cerca de R$ 5 milhões de empréstimos, um crescimento de mais de 200% se comparado aos números relacionados ao ano de 2020 (R$ 1,5 milhão de janeiro até dezembro).

Sobre os juros, as taxas médias ficam em torno de 3,6% ao mês (52,9% ao ano). Apesar desse número ser bem semelhante aos juros aplicados atualmente no mercado, mas estão a partir de 1,5% ao mês (19,6% ao ano), uma porcentagem bem abaixo quando comparado aos juros médios do crédito pessoal no país (cerca de 32,7% por ano).

As taxas de juros caem conforme a nota atribuída pela empresa a quem solicita um empréstimo.

O critério utilizado pela empresa é classificar os clientes de A até D, e é realizado por um algoritmo, que leva em consideração o histórico de pagamento do cliente e calcula se há risco de inadimplência já no ato do cadastro.

Sendo assim, quanto maior a classificação, mais reduzidas são as taxas de juros oferecidas para esse cliente.

Anúncios

É uma opção segura para o cliente e para quem empresta?

Além de funcionar como intermediadora, o Bulla ainda oferece a opção de o investidor conversar pelo chat da plataforma. Isso ajuda a deixar a transação mais segura e transparente, já que o investidor tem a oportunidade de escolher para quem emprestar o dinheiro.

Outra ferramenta utilizada pela plataforma é a análise de crédito para novos usuários. Para realizar o cadastro, é realizada uma rápida análise do CPF informado pelo cliente.

Caso conste algum débito e/ou contestação dos órgãos responsáveis no CPF do cliente, o mesmo não recebe a autorização necessária para fazer parte da plataforma.

Essa é uma das formas que a empresa utiliza para manter a taxa de inadimplência baixa.

É uma modalidade de crédito legalizada?

Esse pode ser um dos principais receios de quem ainda não conhece a plataforma. Diferente dos populares – porém pouquíssimos recomendados – “agiotas”, essa modalidade é regularizada pelo Banco Central desde 2018, tornando a transação 100% legal.

Quais as principais vantagens dessa linha de crédito?

O número de pessoas que optem por esse tipo de empréstimo vem aumentando cada vez mais. Isso acontece devido a vantagens, como:

Juros mais baixos: em comparativo com as opções de empréstimos mais tradicionais presentes no mercado, os juros menores talvez sejam o principal atrativo desse modelo.

– Menos burocracia: só quem já solicitou um empréstimo sabe toda a burocracia envolvida. Como todo o procedimento é realizado diretamente através da plataforma, isso torna a transação bem menos burocrática.

– Melhores rendimentos: caso o seu objetivo seja investir ao emprestar dinheiro, essa opção é uma ótima maneira de investir, resultando em um retorno mais lucrativo que outras formas de investimento.

Conclusão

Como deu para perceber, o empréstimo entre pessoas físicas ainda é uma modalidade ainda não tão conhecida, mas que está ganhando cada vez mais espaço entre o grande público.

Sendo uma ótima alternativa para quem busca dinheiro emprestado, mas quer fugir das taxas de juros e burocracias presentes nas instituições financeiras tradicionais, essa modalidade de crédito pode ser uma ótima solução.

Já para quem possui uma quantia disponível e quer diversificar os seus investimentos, essa pode ser uma ótima maneira de começar. Para ambos os casos, a dica é: pesquise e compare as opções disponíveis.

Anúncios

Dessa forma, você conseguirá encontrar a melhor opção para você e para as suas finanças. 

Gostou do conteúdo?

Aproveite para ler também Auxílio doença: INSS revisa 200 mil liberados sem perícia

Mais Aprovados do Site!

APROVAÇÃO EM ALTA!
Neon Visa
COMO SOLICITAR
Buscapé PAN
COMO SOLICITAR
RECOMENDADO!
cartão-de-crédito-santander-sx-visa
Santander SX
COMO SOLICITAR
Bom pra Crédito
COMO SOLICITAR
Credicard Zero
COMO SOLICITAR

0

Valor Notícias
Logo