FGTS digital, saiba tudo sobre como funciona

Anúncios

A Caixa Econômica Digital lançou nessa semana o FGTS digital , um aplicativo que permite o saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), disponível para todas as modalidades.

Com efeito, essa nova modalidade permite que o saque do FGTS seja realizado exclusivamente através do celular.

Como resultado, ele será disponibilizado para as duas versões Android e IOS, o aplicativo será lançado nos próximos dias.

Anúncios

Em síntese, para Pedro Guimarães, Presidente da Caixa, o saque do FGTS digital é mais uma inovação da instituição financeira em busca da excelência dos serviços prestados ao trabalhador. Assim sendo, não será mais preciso que o trabalhador se dirija a um ponto de atendimento físico para sacar o dinheiro, explica ele.

Para esclarecer, continue lendo e saiba tudo como irá funcionar os saques do FGTS digital em 2020.

Leia também:

-> Veja quem tem direito ao saque de R$ 998,00 até 31 de março
->-> Último lote do PIS/PASEP liberado
->-> Governo decide liberar R$ 200 à autônomos sem carteira

Como irá funcionar o saque-aniversário das contas inativas?

Em primeiro lugar, o trabalhador que fizer a solicitação do Fundo de Garantia pelo serviço, poderá fazer a transferência do dinheiro para uma conta da Caixa Econômica Federal ou então para uma outra instituição financeira, de forma totalmente gratuita.

Outro ponto, é que será possível também fazer a consulta dos valores referentes ao FGTS liberados para saques. E inclusive, fazer upload de documentos  e acompanhar todo o processo entre a solicitação e a liberação dos valores para saque.

Vale ressaltar que o permite também fazer a consulta do saldo e do extrato das contas, além de poder escolher pela opção da sistemática de Saque-Rescisão ou Saque-aniversário. Poderá, inclusive realizar o cadastramento do serviço SMS e apresentar uma seção de dúvidas mais frequentes.

Como fazer a adesão do Saque-aniversário do FGTS Digital?

Sequencialmente, o FGTS digital estará disponíveis na duas versões: saque imediato e saque-aniversário.

Saque imediato

A princípio, o Governo Federal liberou até o dia 14 de fevereiro R$27,5 bilhões do Saque Imediato. Sendo assim, apenas esse ano já foram aproximadamente 59 milhões de trabalhadores que já receberam os seus fundos.

Somente no ano passado, o valor liberado para cada pessoa cadastrada no regime foi de R$998,00. Entretanto, quem ainda não sacou o dinheiro na conta poderá fazer esse ano até o dia 31 de março.

Apenas nesses períodos de saques, a Caixa atendeu aproximadamente 62% desses 96 milhões de pessoas! Isso significa que o aplicativo visa diminuir esse número nas agências para dar mais agilidade ao processo.

Outro fato importante a se considerar referente ao Saque imediato é 65% dos R$42,6 bilhões previstos inicialmente já foram liberados.

Saque-aniversário

Para mais de 2,3 milhões de trabalhadores que fizeram a opção por receber o saque-aniversário poderão fazer a retirada pelo aplicativo, anualmente, no mês do seu aniversário.

É importante lembrar que ao escolher essa modalidade de saque o trabalhador não poderá retirar dinheiro do FGTS após a demissão ou rescisão do contrato de trabalho por justa causa.

Concluindo, a opção pela sistemática de saque é voluntária e pode ser realizada tanto pelo aplicativo quanto nas agências bancárias e lotéricas.

Compartilhe:

Posts Relacionados