Posso usar o FGTS para pagar dívidas? Descubra tudo!

Posso-usar-o-FGTS-para-pagar-dívidas
Anúncios

O índice de inadimplência em nosso país está alto e um dos motivos seria a falta de planejamento financeiro, juntamente com as dificuldades que foram causadas pela crise. Assim, usar o FGTS para pagar dívidas pode ser uma opção interessante.

A CNDL e o SPC, por exemplo, estimam que 10 milhões de pessoas terão condições de usar o FGTS para quitar as dívidas.

Sendo assim, temos o seguinte cenário:

Anúncios

Ao invés de recorrer a um crédito com taxas altas, os brasileiros estão investindo em alternativas com juros mais atrativos como o empréstimo com FGTS.

Portanto, a seguir iremos esclarecer todas as dúvidas com relação a este benefício, bem como você pode usá-lo a fim de organizar as suas finanças.

Sumário com os intertítulos

  • É possível usar o FGTS para pagar dívidas? 
  • Como funciona o FGTS? 
  • Quando posso realizar o saque?
  • Usar o FGTS para pagar dívidas;
  • Como saber se tenho FGTS para receber? 
  • Como usar o FGTS para pagar dívidas por meio da antecipação?  
  • Devo a Caixa, ela pode pegar meu FGTS?
  • Dicas para quitar as dívidas com o FGTS;
  • Conclusão. 

É possível usar o FGTS para pagar dívidas? 

Sim, dá para usar o dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço a fim de quitar as dívidas.

Mas, antes de simplesmente usar o valor, é importante ter o seguinte em mente:

Faça as suas contas e verifique o valor exato das taxas de juros.

Logo em seguida, compare se vale a pena usar o valor da conta do FGTS ou se é mais vantajoso deixar o dinheiro rendendo.

Aliás, as contas do FGTS têm rendimento?

Sim, o FGTS é corrigido pela TR (Taxa Referencial) mais 3% ao ano, além da possibilidade de um pagamento de bônus anual.

No entanto, o FGTS vem rendendo menos que a poupança e outros tipos de aplicações financeiras.

Ou seja, vale mais a pena pagar as contas com parte do benefício ou deixar que ele continue rendendo?

info-Posso-usar-o-FGTS-para-pagar-dívidas

Como funciona o FGTS?

Em primeiro lugar, saiba que o FGTS é o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço que foi criado pelo governo federal com o intuito de formar uma reserva ao trabalhador.

A cada mês, o empregador deve depositar o equivalente a 8% do total bruto das verbas salariais recebidas pelo funcionário (salário, adicional noturno, horas extras, dentre outros).

No caso do contrato de aprendiz, é exigido do empregador que ele deposite 2%.

Vale destacar que o empregador tem até o dia 7 do mês para fazer o pagamento.

Caso contrário, ele deverá pagar por juros e correção monetária, além do valor do benefício do funcionário.

E antes de falar como usar o FGTS para pagar dívidas, para que é usado o dinheiro do FGTS? 

As contas do FGTS de todos os trabalhadores ficam na Caixa Econômica Federal, sendo que a soma dos valores das contas dá origem a uma única.

Nesse sentido, o governo usa o recurso na infraestrutura urbana como, por exemplo, na pavimentação de estradas, saneamento básico e habitação popular.

Por isso, note que o valor da conta do FGTS não fica parado na Caixa.

Apesar disso, em algumas ocasiões específicas, o trabalhador pode sacar o valor, independentemente de qualquer aplicação do governo.

Quando posso realizar o saque?

Bom, é interessante que você entenda quais são estas ocasiões específicas que são estabelecidas por lei e permitem o saque do FGTS:

  • Término do contrato;
  • Demissão sem a justa causa;
  • Rescisão por falência;
  • Aposentadoria ou funcionário com mais de 70 anos de idade;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Três anos desempregado;
  • Caso de doenças graves;
  • Compra de casa própria, liquidação ou amortização de dívida, bem como o pagamento de algumas prestações de financiamento habitacional.

Usar o FGTS para pagar dívidas

Em primeiro lugar, entenda que o valor total da conta do FGTS não pode ser usado para quitar as dívidas.

Somente uma parcela que é disponibilizada por meio do saque aniversário é usada para organizar as suas finanças.

Ou seja, para que você use o FGTS para pagar dívidas, deve inicialmente solicitar o saque aniversário no site da Caixa ou até mesmo pelo app FGTS.

No entanto, o procedimento deve ser feito até o último dia do mês de aniversário a fim de que o saque seja liberado ainda neste ano.

Caso contrário, o saque será feito somente no ano de 2022.

Também vale falar que o saque aniversário é uma alternativa opcional.

Se você não solicitar o saque, permanece na sistemática do Saque-Rescisão, sendo que recebe o dinheiro somente se for demitido sem justa causa ou quando o seu contrato for encerrado.

Isto é, não poderá pagar as suas dívidas com o uso de parte do benefício.

Como saber se tenho FGTS para receber? 

Antes de entender como funciona o processo de usar o FGTS para pagar dívidas, é necessário saber o valor exato da sua conta.

Para isso, há diversas formas como, por exemplo, no site da Caixa.

Veja um passo a passo simples:

  • Indique o número do NIS/PIS e selecione a opção de “cadastrar senha”;
  • Leia todo o regulamento e aceite, bem como preencha os campos com seus dados pessoais;
  • Crie a senha com até 8 dígitos e faça o login para acessar a sua conta.

Para localizar o número NIS/PIS, verifique o extrato impresso do FGTS, a sua Carteira de Trabalho ou até mesmo o Cartão do Cidadão.

Por outro lado, também dá para saber o valor da sua conta pelo aplicativo do FGTS que está disponível para smartphones IOS ou Android.

Por isso, acesse o app, clique na parte de “primeiro acesso”, leia o contrato e aceite.

O número do NIS também será necessário, sendo que você deve preencher um formulário e apertar em “próximo”.

Crie a sua senha e clique para cadastrar a fim de ver o valor disponível na sua conta.

Outra forma de checar para usar o FGTS para pagar dívidas seria via SMS e email.

Em seu celular, você pode receber de forma mensal as informações acerca do saldo, bem como todos os depósitos que foram feitos na conta.

Note que a mensagem eletrônica irá substituir o extrato em papel que é enviado a cada 2 meses pelo correio.

Além disso, dá para receber os dados pelo email.

Portanto, seja qual for a sua preferência (recebimento do extrato por email ou SMS), é necessário cadastrar um dos serviços pelo site ou aplicativo depois de criar a senha pessoal.

Inclusive, dá para atualizar o endereço a fim de receber o extrato em papel, caso prefira.

Informações sobre o saque aniversário

Bem como dito, você precisa solicitar o saque aniversário a fim de usar o FGTS para pagar dívidas.

Portanto, entenda que o saque aniversário funciona da seguinte forma:

O trabalhador que decide solicitar conta com a possibilidade de fazer saques anuais de contas inativas, de empregos anteriores, ou até mesmo de contas ativas, representando o emprego atual.

Somente um percentual está disponível para o saque e quanto maior o valor total da conta, menor será o percentual sacado anualmente.

Nós temos um conteúdo que esclarece todos os detalhes sobre este tipo de saque, por isso, indicamos a visita para mais informações.

Como usar o FGTS para pagar dívidas por meio da antecipação

E para que você não precise aguardar a data do seu aniversário para sacar o valor, é possível antecipá-lo por meio de um empréstimo.

Daqui nasce a oportunidade de usar o FGTS para pagar dívidas.

Você deve acessar o internet banking da Caixa e clicar na parte de “crédito”.

Depois disso, selecione quais são os períodos e valores que pretende antecipar, indicando também a assinatura eletrônica para a confirmação.

Pronto! O comprovante aparece na tela do seu computador ou celular e o valor será depositado na sua conta corrente, viu como é simples?

Dessa forma, tenha em mente que esta é uma linha de crédito que usa o saldo da sua conta do FGTS, em uma espécie de débito automático.

Por conta da segurança de pagamento, ou seja, a empresa sabe que receberá o valor no mês do seu aniversário, as taxas de juros são menores.

Apesar disso, há taxas, sendo fundamental que você verifique o CET da operação a fim de se certificar de que vale a pena a antecipação para quitar as suas dívidas.

E será que este tipo de operação pode ser feita somente pela Caixa?

Não, grande parte dos bancos disponibiliza este tipo de serviço que tem por nome antecipação do FGTS para pagar dívidas ou empréstimo com FGTS.

Vale destacar que alguns bancos têm uma integração com o app da Caixa, facilitando ainda mais a contratação do crédito.

Com isso, o processo de simulação é similar: basta solicitar o saque aniversário e logo em seguida contratar o crédito.

E como exemplo de instituições, podemos destacar o Banco do Brasil e o Banco Pan.

Devo a Caixa, ela pode pegar meu FGTS?

Não, nenhuma instituição tem o direito de usar o recurso do FGTS para quitar alguma dívida.

Portanto, o banco não pode transferir o valor sem o seu consentimento.

A avaliação é da Associação Brasileira de Procons (ProconsBrasil), que define o seguinte:

O valor total da conta do FGTS é totalmente diferente dos demais depósitos.

Sendo assim, não deve ser usado de forma automática para cobrir os débitos referentes ao cheque especial ou dívidas com cartão de crédito, por exemplo.

Até mesmo se você pedir um empréstimo na Caixa e não conseguir pagar as parcelas, o banco não pode usar o dinheiro do FGTS para pagar a dívida sem a sua permissão.

Em conclusão, saiba que independentemente de qualquer dívida, este é um dinheiro seu por direito que é usado da forma que você preferir.

Inclusive, você pode resgatar o valor através de um empréstimo e quitar a sua dívida com a Caixa!

Dicas para quitar as dívidas com o FGTS 

Em primeiro lugar, é de fundamental importância que você verifique o valor que está na sua conta do FGTS.

Assim, você saberá exatamente o valor que pode ser obtido por meio do saque aniversário, bem como a quantia que pode ser antecipada.

Somente entendo o valor que você terá em mãos, será possível estruturar o seu planejamento.

Por outro lado, é interessante que você liste todas as suas dívidas.

Marque para qual empresa você deve, o valor e quais são as taxas de juros aplicadas.

Caso não saiba exatamente quais são as empresas para qual deve ou o valor das dívidas, basta visitar o site do Serasa e verificar as informações do score de crédito.

Defina se o valor obtido por meio da antecipação poderá cobrir todas as suas dívidas.

Caso contrário, é essencial que você priorize o pagamento das dívidas com taxas maiores a fim de evitar que elas aumentem ainda mais, tornando o pagamento impossível.

Geralmente este tipo de dívida está relacionado ao cheque especial e ao rotativo de cartão de crédito, podendo se tornar uma enorme bola de neve.

Por fim, busque negociar as suas dívidas.

Análise da perspectiva da empresa para a qual você deve:

Será que vale a pena ter recebimentos pendentes?

Óbvio que sim! As empresas querem ser pagas e por isso elas fazem parceria para a negociação de dívidas com os seus consumidores.

Você precisa entrar em contato com a empresa e oferecer o acordo para contar com condições especiais.

Não tenha medo! Se informe e pague por um valor justo para quitar as suas dívidas.

Conclusão

Para encerrar o nosso conteúdo, tenha em mente o seguinte:

De fato, usar o FGTS para pagar dívidas é uma estratégia interessante para organizar as finanças.

Porém, indicamos que antes de ter o valor em mãos, faça um planejamento financeiro priorizando o pagamento das dívidas com taxas de juros maiores.

Logo em seguida, solicite o serviço de saque aniversário e define uma boa instituição para fazer a antecipação.

Note que várias são as opções de empresas, sendo que você deve analisar as taxas de juros de cada uma para escolher a melhor.

Com o dinheiro em mãos, entre em contato diretamente com os credores e proponha uma negociação porque quando você busca pelo acordo, as taxas de juros podem ser menores.

Todo o processo deve ser feito com paciência e muito planejamento, boa sorte!

Compartilhe:

Posts Relacionados