Payback: o que é, como funciona e como calcular?

Payback é um conceito muito importante para quem deseja obter êxito em operações de investimento.

Anúncios

Isso porque, é de conhecimento que neste mercado prazo e rentabilidade são itens primordiais.

Desse modo, avaliar e calcular o Payback é um passo importante para atingir vantagem nesses itens.

Mas, para isso é importante saber o que é Payback, como ele é calculado e demais informações sobre ele.

Por isso, o material de hoje foi desenvolvido com todas as informações necessárias para sanar esses questionamentos.

Por isso, se deseja saber tudo sobre o conceito e aprender a usá-lo em suas operações, continue sua leitura! 

payback

O que é Payback?

Quando falamos em investimentos, as primeiras perguntas feitas sempre têm relação com prazo de retirada e lucro.

Anúncios

Isso porque, a vantagem de uma aplicação é resultado de retorno satisfatório, no menor tempo possível.

Afinal de contas, ter o dinheiro preso no investimento por muito tempo só vale a pena quando o retorno é significativo. 

Mas, de que maneira é possível calcular esse retorno, para avaliar se determinada operação vale a pena?

Como é possível saber qual a rentabilidade de uma operação, com base no tempo de investimento?

Ambas as perguntas podem ser respondidas com uma única palavra, que é Payback.

O Payback é um método ou indicador, que calcula o tempo de retorno de um determinado investimento.

Explicando de maneira simplificada, é um cálculo que te diz exatamente o nível de retorno que pode ser obtido em determinado tempo.

Com isso, é possível saber se a operação é de fato vantajosa, ou se é melhor procurar outro investimento que traga maior retorno, em menos tempo.

Este é um conceito bastante utilizado por investidores experientes, que preferem apostar em opções com bom retorno.

Isso porque, sabemos que a segurança é importante, mas, quando se trata de lucratividade, o tempo de retorno é ainda mais.

Por isso, calcular o Payback é indispensável para quem deseja investir nas operações certas, que tragam retorno quando e no nível desejado.

Em quais casos o conceito é utilizado?

A esta altura nós já entendemos o que é Payback.

Desse modo, ficou fácil compreender que é um indicador de tempo de retorno para um determinado investimento.

Mas, embora o conceito seja interessante, não é tão comum vermos no dia a dia.

Afinal de contas, em quais casos o conceito de Payback é utilizado?

De acordo com a descrição, fica simples entender que o Payback visa garantir retorno no menor tempo possível.

E, não podemos nos esquecer que retorno em pouco tempo indica um investimento com riscos maiores.

Isso porque, operações de baixo risco costumam envolver longo período de investimento e lucros mais baixos.

Essa situação ocorre porque nessa modalidade a ideia é garantir segurança ao patrimônio do investimento, por meio de operações com menor taxa de perda.

Por isso, fica simples entender que nesses casos o Payback não é tão utilizado, já que na própria operação vem descrito o prazo para retirada e retorno.

Desse modo, o conceito pode ser observado em operações mais arriscadas, onde é preciso ter certeza do prazo e valor de lucro.

Mas, atenção: para quem deseja ter controle sobre seus investimentos, o Payback é sempre bem vindo.

Seja em operações de baixo risco, ou em investimentos mais arriscados, esse cálculo sempre ajuda.

Então, se a sua dúvida é quando utilizar o Payback, a resposta é: sempre, desde que você deseje garantir controle e melhor retorno!

Como calcular PayBack?

Depois de entender tudo sobre o conceito de Payback, muitos se tranquilizam por perceber que não é nada difícil.

Mas, quando chega na parte do cálculo, essa impressão já muda, pois parece ser bem complexo.

Entretanto, a realidade é que o cálculo do Payback é bem simples.

Isso porque, esta é uma operação de divisão, que considera o investimento inicial e o ganho obtido com o investimento.

No caso do investimento inicial, você deve considerar o valor que pretende aplicar, suponhamos que seja R$ 1.000,00.

Já no ganho obtido, você deve considerar a taxa de rendimento descrita na operação, que vamos supor ser 12% ao ano.

O primeiro passo é descobrir qual o valor correspondente a 12% de 1000, que é 120.

Desse modo, o rendimento rende ao ano R$ 120,00.

Agora, poderemos finalmente usar a fórmula de cálculo, que é a seguinte:

Valor aplicado : valor obtido = 1000 : 120.

Isso resulta em 8,33.

Com isso, é possível concluir que o retorno do valor investido será concluído em 8 anos.

Explicando de maneira simples: em 8 anos o investimento terá rendimento de 100% do valor investido.

No nosso exemplo, podemos considerar que a rentabilidade não foi tão alta, considerando o prazo para retorno.

Sendo assim, muitos acabariam não optando por ela, se a prioridade for lucro em pouco tempo.

Então, com esse simples exemplo conseguimos entender a importância do Payback.

Afinal de contas, ao olhar a taxa de juros de 12% ao ano pode parecer muito, mas, quando aplicamos na fórmula, vemos que não é tanto assim.

Então, para quem deseja aplicações inteligentes, o Payback deve ser prioridade!

Dicas para garantir sucesso em seus investimentos 

Ao longo deste material foi possível desvendarmos um dos conceitos mais importantes do mercado de investimentos.

Desse modo, fica simples calcular qualquer tipo de operação, a fim de descobrir se é de fato vantajosa.

Mas, além do Payback, outros pontos são importantes para determinar segurança e retorno positivo.

Por isso, veremos agora algumas dicas para garantir sucesso nos investimentos.

Respeite seu perfil de investidor  

Quando entendemos sobre Payback, é natural querermos ir atrás de operações que ofereçam maior retorno.

Mas, não podemos esquecer que maior retorno quase sempre é sinônimo de maior risco.

Sendo assim, é muito importante que você respeite seu perfil de investidor, acima de tudo.

Afinal de contas, operações de alto risco só compensam para quem não tem tanto problema em perder o dinheiro.

Caso não seja a sua situação, é melhor ter um baixo retorno, mas, que seja certeiro! 

Se possível, priorize investir com frequência

E, nossa última dica talvez seja a mais importante do mercado de investimentos.

Isso porque, mais vale investir com frequência, do que aplicar um alto valor de uma vez.

Isso porque, várias análises já foram feitas e comprovaram que um investimento de longo período tem maior potencial de rendimento do que um valor alto investido em curto período.

Por isso, vá aos poucos, tenha isso como rotina e certamente perceberá retornos melhores!

E, agora que você já entende tudo sobre Payback, certamente ficará mais simples avaliar as vantagens!