PIS/Pasep: Trabalhou nos últimos dois anos? Veja se tem direito a R$ 1.045 do abono

Anúncios

O Governo Federal já liberou novos lotes referentes ao pagamento do PIS/PASEP.

Logo, os trabalhadores precisam ficar atentos, já que os saques podem chegar até o valor de R$ 1.045,00.

O prazo para que seja feito a retirada do PIS para aqueles que trabalharam no ano de 2018 é até o dia 29 de maio.

Anúncios

Por sua vez, quem trabalhou em 2019, os saques darão início a partir do mês de julho, seguindo o calendário, de acordo com a data de nascimento do trabalhador.

Em ambas as situações, o valor pago do abono salarial do PIS/PASE aos trabalhadores pode chegar até R$ 1.045,00, conforme o valor do salário mínimo.

Lembrando que esse benefício é destinado especialmente para quem trabalhou, de maneira formal, por pelo menos 30 dias no ano de 2018.

Agora o benefício que será pago a partir de julho, é destinado para aqueles que trabalharam pelo menos 30 dias no ano de 2019.

PIS/PASEP requisitos para receber o benefício

Existem alguns requisitos importantes a se cumprir para ter direito ao abono salarial e são eles:

  • O trabalhador que exerceu uma profissão de carteira assinada por pelo menos 30 dias nos anos de 2018 e 2019;
  • O trabalhador que recebeu, no máximo, dois salários mínimos por mês;
  • O trabalhador que está inscrito no PIS ou PASEP por pelo menos 5 anos;
  • A empresa que atuava precisa ter informado os dados corretos do trabalhador para o governo.

E quem tem direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras.

PIS (trabalhador de empresa privada):

  • Através do aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da Caixa, clicando em “consultar”;
  • Ligando por telefone para o atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004 0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades);
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Qual valor do benefício?

O valor pode chegar até um salário mínimo (R$ 1.045,00) e muda segundo o tempo de trabalho.

Caso a pessoa trabalhou o ano todo, por exemplo, ela receberá o valor total.

Se trabalhou somente um mês, o benefício será proporcional, ou seja, 1/12, equivalente a aproximadamente R$ 88,00.

Em todo caso, veja abaixo os valores de acordo com o tempo trabalhado:

  • 1 mês: R$ 88,00
  • 2 meses: R$ 175,00
  • 3 meses: R$ 262,00
  • 4 meses: R$ 349,00
  • 5 meses: R$ 436,00
  • 6 meses: R$ 523,00
  • 7 meses: R$ 610,00
  • 8 meses: R$ 697,00
  • 9 meses: R$ 784,00
  • 10 meses: R$ 871,00
  • 11 meses: R$ 958,00
  • 12 meses: R$ 1.045,00.

Onde sacar o benefício?

Tendo direito ao PIS/PASEP, os saques serão feitos da seguinte maneira:

  • Para funcionários da empresa privada o saque pode ser realizado em casas lotéricas ou Caixas eletrônicos com o cartão cidadão;
  • Sem o cartão cidadão, o trabalhador da empresa privada pode fazer o saque nas agências da Caixa junto com um documento de identidade;
  • Caso seja correntista da Caixa, o abono é depositado direto na conta;
  • Para o servidor público, o saque é realizado nas agências do Banco do Brasil com documento de identificação com foto.
Compartilhe:

Posts Relacionados