Uber vai pagar auxílio emergencial para motoristas

Anúncios

A Uber comunicou que vai adotar novas medidas para ajudar os seus motoristas durante a crise causada pelo covid-19, nova doença provocada pelo coronavírus.

Em uma carta assinada pelo diretora-geral da companha no Brasil, Claudia Woods, a empresa confirmou que vai fornecer cobertura política de assistência financeira para os motoristas parceiros e que vai, inclusive, fazer o reembolso de máscaras, luvas e álcool em gel.

Em 24 de março, a Uber tinha informado que iria oferecer assistência financeira pelo período de 14 dias para os seus motoristas e entregadores que estavam recebendo o diagnóstico do covid-19, ou que tenham a quarentena solicitada por um profissional.

Anúncios

Então, agora a empresa resolveu ampliar o plano, se estendo aos motoristas que estão dentro do grupo de risco.

Assim sendo, segundo o comunicado, idosos e pessoas com condições de saúde pré-existentes, como bronquite, diabetes ou problemas respiratórios, poderão fazer a solicitação do auxílio perante a apresentação do atestado médico.

Com relação ao valor pago pela Uber, ele será determinado levando em consideração a média de ganhos do parceiro nos últimos 3 meses anteriores a data do dia 6 de março.

Logo, caso o motorista tenha feito uso do aplicativo por um tempo menor do que esse, a média será estabelecida de acordo com os ganhos que ele teve desde a viagem até o dia 6 de março de 2020.

Além disso, a Uber também anunciou que seus parceiros poderão fazer uso do serviço de orientação médica a distância do Hospital Israelita Albert Einstein, chamado de Einstein Conecta.

Esse serviço funciona 24 horas por dia, nos setes dias da semana, e funciona com orientações médicas passadas por videoconferência. O recurso pode ser utilizado pagando um valor adicional pelo pacote Vale Saúde Sempre.

O Vale também traz descontos em consultas médicas nas redes de atendimento privadas e em mais de 3.000 tipos de exames de imagens e laboratoriais.

Sem contar que o programa também concede 20% de descontos em medicamentos nas farmácias que são credenciadas a ele.

É comum que o programa cobre uma anuidade de R$ 358,80 por ano por cada trabalhador vinculador, mas, de acordo com a Uber, os trabalhadores não vão precisar pagar nada para ter acesso a esse recurso.

Claudia Woods ainda afirmou que o cenário atual continua dinâmico, logo mais detalhes sobre as políticas do aplicativo serão anunciados ao longo da semana.

A diretora também agradeceu aos motoristas que estão atuando e ajudando a “manter o que é essencial em movimento”.

Novidades no serviço de delivery da Uber

Nos serviços de delivery da Uber, novidades também foram anunciadas por conta da crise do coronavírus.

No dia 8, a empresa lançou uma plataforma nova que tem como objetivo tornar mais fácil a entrega dos pedidos para funcionários que estejam trabalhando no escritório ou em casa.

Sendo assim, as novas funcionalidades incluem o uso de cartões corporativos e a solicitação de pedidos por meio de um perfil empresarial.

Portanto, essa solução será implementada em mais de 20 países, tendo início pelo Brasil, Reino Unido, França e Canadá.

Compartilhe:

Posts Relacionados