Tudo sobre o Auxílio Brasil: conheça o novo benefício

Anúncios

Muito provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre o Auxílio Brasil. 

O programa, que tem sido tema recorrente nos jornais e sites de notícias nos últimos dias, ainda gera bastante dúvida entre os brasileiros.

Do que realmente se trata o benefício? É um benefício para todos? Quais as regras para acessá-lo? Essa e outras dúvidas serão respondidas aqui!

No conteúdo de hoje, vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o tema e te ajudaremos a ficar a par desse assunto. 

Anúncios

O texto a seguir será dividido em tópicos, e eles tratarão dos seguintes assuntos: 

  • O que é o Auxílio Brasil?
  • Quem irá receber o Auxílio Brasil?
  • Quais as modalidades de benefícios do Auxílio Brasil?
  • Quando o Auxílio Brasil começará a ser pago?
  • Como funcionará o calendário de pagamento do Auxílio Brasil?
  • Qual o valor pago pelo Auxílio Brasil?
  • Como o cidadão irá saber se receberá o Auxílio Brasil

O que é o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é um programa do Governo Federal que, inicialmente, funcionará como uma espécie de substituto do Bolsa Família – programa de transferência de renda para famílias mais carentes que foi criado em meados dos anos 2000. 

Anunciado como um programa definitivo – sem prazo para acabar – e com lançamento oficial marcado para o dia 17 de novembro, o Auxílio Brasil visa dar uma maior assistência para as milhões de famílias que não possuem condições financeiras, vivendo entre a pobreza e a extrema pobreza. 

Quem irá receber o Auxílio Brasil?

Segundo o Governo Federal, famílias que já eram beneficiadas pelo Bolsa Família já serão incluídas automaticamente para receber esse novo benefício. 

Serão atendidas pelo novo programa social famílias que vivem em situação de extrema pobreza – com uma renda mensal de até R$ 100 por morador – e em situação de pobreza – que apresentam uma renda mensal entre R$ 100,01 e R$ 200 por pessoa.

Vale lembrar que outro critério para que o recebimento do benefício aconteça é possuir gestantes ou pessoas com até 21 anos incompletos na composição familiar. 

Segundo o Ministério da Cidadania, a previsão é de que mais de 14 milhões de famílias brasileiras sejam beneficiadas pelo programa já em novembro. 

Em dezembro, a estimativa é de que esse número aumente ainda mais, ultrapassando a marca de 17 milhões de famílias atendidas. 

Quais as modalidades de benefícios do Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil será dividido em dois núcleos distintos: o básico – composto por três benefícios – e um complementar, composto por seis.

Nesse primeiro núcleo – o básico – os benefícios são os seguintes:

Benefício Primeira Infância

Voltado para famílias que possuem crianças com até 3 anos incompletos. Nessa opção, o benefício será de R$ 130 por criança – limitado a cinco benefícios por família.

Benefício Composição Familiar

Para famílias que possuem gestantes ou crianças e adolescentes de 3 a 17 anos – ou de 18 a 21 anos – matriculados na escola pública. 

Nesse quadro, o benefício será de R$ 65, também sob o limite de cinco benefícios por família.

Benefício de Superação da Extrema Pobreza

Essa opção será paga para famílias que, mesmo após a soma dos benefícios oferecidos, o valor da renda mensal ainda continuar abaixo de R$ 100 por pessoa.

Além desses, também há outros 6 benefícios que podem ser recebidos por famílias que cumprem determinadas condições. Esses benefícios são:

Auxílio Esporte Escola, Bolsa de Iniciação Científica Júnior, Auxílio Criança Cidadã. Auxílio Inclusão Produtiva Rural, Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Benefício Compensatório de Transição

Quando o Auxílio Brasil começará a ser pago?

A data anunciada pelo Governo Federal é o dia 17 de novembro. 

Mas, apesar de possuir essa primeira data oficial anunciada, o restante do calendário de pagamento segue sem maiores informações – assim como o cronograma que será adotado em 2022 para o pagamento do benefício.

Como funcionará o calendário de pagamento do Auxílio Brasil?

Apesar de ainda não possuir um cronograma divulgado para 2022, o calendário adotado para o pagamento do benefício para os dois últimos meses de 2021 já foi definido.

Da mesma maneira que era realizado no Bolsa Família, o calendário de pagamento do benefício foi definido de acordo com o número final do Número de Identificação Social (NIS).

Veja como ficou o calendário anunciado para essas primeiras parcelas:

Calendário de pagamento do benefício para Novembro

NIS final 1 – 17 de novembro

NIS final 2 – 18 de novembro

NIS final 3 – 19 de novembro

NIS final 4 – 22 de novembro

NIS final 5 – 23 de novembro

NIS final 6 – 24 de novembro

NIS final 7 – 25 de novembro

NIS final 8 – 26 de novembro

NIS final 9 – 29 de novembro

NIS final 0 – 30 de novembro

Calendário de pagamento do benefício para Dezembro

NIS final 1 – 10 de dezembro

NIS final 2 – 13 de dezembro

NIS final 3 – 14 de dezembro

NIS final 4 – 15 de dezembro

NIS final 5 – 16 de dezembro

NIS final 6 – 17 de dezembro

NIS final 7 – 20 de dezembro

NIS final 8 – 21 de dezembro

NIS final 9 – 22 de dezembro

NIS final 0 – 23 de dezembro

Vale lembrar que, apesar desses primeiros pagamentos seguirem esse padrão, ainda não se sabe ao certo se os pagamentos em 2022 seguirão a mesma dinâmica. 

Caso esse se mostre um formato assertivo, muito provavelmente será o modelo adotado pelo Auxílio Brasil para o ano que vem.

Qual o valor pago pelo Auxílio Brasil?

Inicialmente, o valor médio do pagamento do benefício será de R$ 217,18 em novembro.

Isso representa um reajuste de quase 20% sobre o valor que costumava ser pago pelo Bolsa Família.

Além desse formato, também há um plano do governo que visa o pagamento mínimo de R$ 400,00 para as famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. 

Essa opção ainda está sendo votada e não se sabe se será mesmo adotada pelo programa ou não.

Como o cidadão irá saber se receberá o Auxílio Brasil

Segundo o Ministério da Cidadania, a consulta da liberação do benefício e o valor disponível poderão ser consultados utilizando o antigo aplicativo do Bolsa Família – disponível para Android e iOS.

Além dessa forma, o cidadão também poderá consultar o valor entrando em contato com a Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania, pelo telefone 121.

Como se cadastrar para receber o Auxílio Brasil?

Além dos cadastros do antigo Bolsa Família, o Auxílio Brasil também usará o Cadastro Único como fonte de beneficiários. 

Quem ainda não está cadastrado no CadÚnico e quiser receber o benefício, deverá se encaminhar até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo para realizar o seu cadastro.
Gostou desse conteúdo? Então aproveite e leia também Como economizar na conta de luz: 5 dicas

Compartilhe:

Posts Relacionados