Empréstimo para servidores públicos: o que é e como funciona?

Anúncios

O empréstimo para servidores públicos é uma das modalidades de crédito mais vantajosas do mercado, recentemente o teto da taxa de juros diminuiu de 2,5% para 2,2% ao mês.

Empréstimo-para-servidores-públicos

Você já conhece ou sabe como funciona o empréstimo para servidores públicos?

Se conhece, sabe que ele é uma das melhores linhas de crédito do mercado financeiro, inclusive, tem as menores taxas de juros, que chegam ser até mais baixas que para segurados do INSS.

Anúncios

Contudo, se você não conhece esse modelo de empréstimo, fique tranquilo! Continue conosco, pois nesse texto você descobrirá o que é e como funciona esse crédito.

Não deixe de conferir! Veja abaixo nosso índice:

  • O que é um empréstimo para servidores públicos?
  • Como funciona?
  • Quais são as vantagens?
  • Taxa de juros.
  • Quanto um servidor público pode pegar de empréstimo?
  • Como solicitar?
  • Conclusão.

O que é um empréstimo para servidores públicos?

O empréstimo para funcionários públicos é uma linha de crédito exclusiva para esse público, também é conhecido como empréstimo consignado.

Apesar de ser o empréstimo consignado, algumas condições mudam quando é solicitado por um servidor público e pelo segurado do INSS, por exemplo, a taxa de juros difere, mas a linha de crédito é a mesma.

Existem instituições financeiras que liberam o empréstimo consignado apenas para servidores públicos, mas existem aquelas onde seu maior foco são os aposentados e pensionistas do INSS.

Tudo dependerá de onde a pessoa solicitará o crédito.

Como funciona o empréstimo para servidores públicos?

Em primeiro lugar, essa linha de crédito pode ser solicitada por qualquer funcionário público, sendo eles: estadual, municipal, federal ou membros das forças armadas.

Ou seja, qualquer pessoa que passou em um concurso público para ingressar na carreira profissional, pode solicitar essa linha de crédito, entre eles:

  • professores;
  • serventes;
  • auxiliar de serviços gerais;
  • juízes;
  • profissionais do SUS.

As parcelas do empréstimo para servidores públicos é descontado diretamente da sua folha de pagamento, ou seja, do seu salário.

Portanto, quando você solicitar essa linha de crédito e assinar o contrato, estará permitindo que a instituição financeira desconte as parcelas do seu empréstimo diretamente do seu pagamento.

Quais são as vantagens do empréstimo para funcionários públicos?

Como as parcelas do empréstimo são descontadas diretamente da folha de pagamento, além disso, esse grupo tem estabilidade profissional, as condições de pagamento e solicitação são mais simples e acessíveis.

Por exemplo, a taxa de juros é a menor do mercado e não há burocracia na hora de solicitar, até mesmo negativados e pessoas com o score baixo conseguem aprovação rapidamente.

As condições de pagamento também são ótimas, o tempo de carência é maior, chegando até a 120 dias, ou seja, após assinatura do contrato, só começará a pagar seu empréstimo em 4 meses.

Fora isso, o tempo para pagar também é maior, em consequência disso, as quantias das parcelas também são, certamente, cabem facilmente no orçamento.

O valor solicitado também cai na conta rapidamente, ideal para o servidor público que precisa de dinheiro urgente!

Outras duas ótimas vantagens interessantes do empréstimo para servidores públicos é : possibilidade de refinanciar o empréstimo e também fazer portabilidade.

Na primeira opção, o funcionário pode refinanciar um empréstimo já existente, isso é ótimo, pois é possível conseguir um prazo ainda maior para o pagamento.

No caso da portabilidade, com essa função o funcionário pode transferir seu empréstimo para outra instituição financeira.

A vantagem dessa prática é que você pode mudar para um banco onde as taxas de juros são menores e o prazo para pagamento maior.

Taxa de juros

Servidor-público

Como já foi dito, a taxa de juros do empréstimo para funcionários públicos é a menor do mercado.

O teto atual é de 2,2% ao mês, então essa é a média, você pode encontrar porcentagens menores ou um pouco maiores, mas nada que exceda muito esse teto.

Certamente, a porcentagem certa dependerá da instituição que você escolher, por isso é importante pesquisar e comparar bem antes de escolher.

Para saber a taxa de juros de cada instituição, você pode acessar o Portal do Servidor. Ao acessar o site, no menu à sua esquerda e direita da tela, procure pela aba “Consignação”.

Quanto um servidor público pode pegar de empréstimo?

Existe uma margem definida por lei que determina o limite que esse público pode pegar de crédito, nesse caso a margem é de 35%.

Isso quer dizer que você só pode comprometer 30% da sua renda com empréstimo e 5% com limite de cartão de crédito consignado.

Um exemplo, se você recebe R$2 mil, não quer dizer que só pode solicitar R$600,00 de empréstimo.

Na verdade, as parcelas de empréstimos é que não podem ultrapassar esse valor, ou seja, a margem de 30% se refere ao salário mensal.

Como solicitar?

Em primeiro lugar, você precisa escolher onde quer solicitar esse empréstimo, normalmente, os servidores públicos recebem seu salário pelo Banco do Brasil, aliás, esse bando tem uma das menores taxas, como pode observar na tabela.

Atualmente, os servidores públicos já podem receber seu salário onde preferir, se o seu banco não oferece as menores taxas de juros e condições de pagamento, você precisa pesquisar para ver qual a melhor opção.

Nesse caso, você precisará abrir conta primeiro e depois solicitar o empréstimo para servidores públicos.

O ideal é que você solicite o empréstimo em um banco onde você já é cliente e tenha um bom relacionamento.

Contudo, se encontrou condições melhores, você pode solicitar em outra opção.

Geralmente, você pode solicitar facilmente um empréstimo para servidores públicos pelo aplicativo do banco ou site.

Entretanto, alguns bancos só disponibilizam a solicitação em uma agência física. Tudo dependerá de onde você escolher.

Conclusão

O empréstimo para servidores públicos é umas das opções mais vantajosas do mercado, mesmo assim, é necessário comparar bem e realizar um planejamento financeiro antes de solicitar.

Escolha a opção mais vantajosa e econômica, além disso, com condições de pagamentos que caibam no seu bolso.

Recomendação de leitura: Como funciona a unidade do cartão de crédito?

Compartilhe:

Posts Relacionados